PUB
                             
Tendências / Desfiles - 13.09.2019

Existem joias que se apresentam como autênticas obras de arte, quer pelo seu detalhe e minúcia, quer pela envergadura da obra em si. Por esse motivo, marcas de alta joalharia, como a Chaumet, Bvlgari e Tiffany & Co, prepararam, para este ano, exposições com peças únicas que contam a história de cada marca.

O Fórum Grimaldi, no Mónaco, recebeu a primeira desta rota de exposições de alta joalharia: Chaumet in Majesty, Jewels of Sovereigns since 1780. Símbolos de poder, elegância e feminilidade, a exposição foi dedicada aos diademas e tiaras e contou com o apoio do príncipe Alberto. Com quase 240 anos de história, a Chaumet levou os visitantes numa viagem pelo culto e evolução da tiara, dividida em seis temas e contando com cerca de 250 peças de joalharia. Esta exposição foi também uma homenagem às mulheres que a marca considera extraordinárias e à própria marca pelo seu percurso desde o século XVIII até hoje. Depois das grandes exposições que teve em Pequim, em 2017, e em Tóquio, em 2018, a Chaumet regressou à Europa com esta mostra no Mónaco, onde continua a revelar peças raras, algumas que podem ser vistas em público pela primeira vez.

Até dia 3 de novembro, viaje até Roma e descubra a impactante exposição Bvlgari, The Storm, The Dream. A casa joalheira com mais de 130 anos preparou uma exposição retrospetiva da sua história, onde poderá ver mais de 170 joias, incluindo algumas do arquivo da marca e de coleções privadas. A exposição encontra-se dividida em dois espaços: inicia no Palazzo Venezia, com o fundador da marca, Sotirio Bulgari, e termina no Castel Sant’Angelo, com as joias mais icónicas, utilizadas por estrelas do grande ecrã. Não perca a oportunidade de ver ao vivo o sautoir em platina com safiras e diamantes que Richard Burton ofereceu à atriz Elizabeth Taylor no seu 40.º aniversário. A exposição conta ainda com 80 vestidos haute couture da coleção privada de Cecilia Matteucci Lavarini.

A partir de dia 23 de setembro, e até 10 de novembro, o Fosum Foundation Shangai, em Xangai (China), recebe a grande exposição da Tiffany & Co. a propósito da celebração dos seus 180 anos. Tiffany, Vision & Virtuosity traz-nos uma viagem pela história da marca, dividida em seis capítulos recheados de peças memoráveis. Por exemplo, na sala Blue Is The Color of Dreams, poderá descobrir o ovo em Azul Tiffany, tal como pedras coloridas, como as safiras Montana e as tanzanites, descobertas pela marca e popularizadas pela mesma; no espaço Tiffany Love, terá a oportunidade de ver peças que celebram histórias de amor, como as presentes no fime Breakfast at Tiffany’s, protagonizado por Audrey Hepburn e que foi um dos grandes promotores da marca.

Artigos relacionados...

Gucci lança coleção cápsula Mickey Mouse

O rato famoso na celebração do ano novo chinês

Meisterstück Soft Grain Mix Tapes

Montblanc homenageia anos 80 e 90 com coleção cápsula

Cartier, o joalheiro dos reis

Conheça a história da casa de joalharia

Klepcys Collection

O relógio Cyrus conquista a lua

Marc Jacobs volta a apostar em moda masculina

Marca nova iorquina lança nova coleção

Os Mais Vistos

Lifestyle

Eis alguns dos carros de luxo mais aguardados de 2020

Gourmet

Lisboa tem uma nova forma de viver a happy hour