David Rosas, a sofisticação da contemporaneidade clássica

David-Rosas-Av
abertura---Pedro-e-Lusa-Rosas
Corner-Rolex---Av
previous arrow
next arrow

O caminho de conquista de uma marca de referência no sector da ourivesaria de luxo que soube manter os elevados padrões de qualidade, a inovação, a exclusividade e a intemporalidade ao longo de cinco gerações.

A história da família Rosas no mundo da ourivesaria remonta a meados do século XIX e tem as suas raízes em Gondomar, onde se começou a trabalhar o ouro e a prata numa pequena oficina, em 1860. A marca David Rosas nasce em 1984, no Porto, por iniciativa dos seus fundadores, David Rosas e Maria Luísa Rosas, que, com base no conhecimento e na experiência acumulados ao longo de quatro gerações, decidiram apostar em oferecer uma experiência única no sector do retalho de joalharia e relojoaria em Portugal. O objetivo era criar produ- tos exclusivos, de grande qualidade e com um serviço de excelên- cia. Características que, hoje, são incontornáveis a esta marca de referência no mundo da ourivesaria de luxo em Portugal que soube adaptar-se aos desafios dos tempos modernos, preservando os exigentes padrões da sua herança histórica.

Uma ascensão feita de desafios

A primeira loja foi inaugurada na Avenida da Boavista, no Porto. “A loja teve logo um enorme êxito e foi com naturalidade que a marca cresceu ao longo dos anos”, começa por referir Pedro Rosas, filho dos fundadores e atual CEO da marca.

Desde a sua fundação, há mais de 30 anos, houve várias adaptações que foram necessárias para que a marca se mantivesse atual, sem perder o seu legado histórico. “Foram vários os desafios que tivemos de enfrentar”, reconhece Pedro Rosas, destacando a aposta nos recursos humanos como estratégia-chave para manter a inovação e preservar a identidade da marca. “Entendemos que, ao termos os melhores elementos connosco, recebemos novas ideias, visões e formas de abordagem para as diferentes áreas do nosso negócio, o que, junta- mente com os valores da David Rosas que procuramos incutir-lhes, nos permite uma adaptação mais rápida aos desafios”, defende o CEO. Acompanhar as novas tendências sem perder a intemporalidade também foi essencial para o crescimento da marca. “Este é um dos nossos pontos fortes”, sublinha Pedro Rosas, apontando “a abertura de novos pontos de venda, de maiores dimensões e com melhores localizações, a aposta na área da comunicação e, mais recentemente, no marketing digital como “grandes investimentos” com “excelentes resultados”.

O que distingue uma joia David Rosas?

Para a diretora criativa da marca, Luísa Rosas, também filha dos fundadores da marca, é “a qualidade da execução, da escolha das matérias-primas e do desenho de cada peça” que diferencia a David Rosas. “Tendo como ponto de partida o desenho, acompanhamos o desenvolvimento de cada peça através de um controlo rigoroso do processo de produção, da escolha criteriosa das matérias-primas e do tipo de acabamento, procurando manter sempre um olhar crítico e exigente, para que no final possamos oferecer algo exclusivo”, explica.

A par da qualidade e da exclusividade surge a intemporalidade, uma característica transversal a todas as peças da marca e “muito valorizada pelos clientes”, revela Luísa Rosas. “As peças da marca têm um cariz mais clássico, mas com um toque de contemporaneidade. O segredo está em encontrar o equilíbrio perfeito entre essas duas características, que é alcançado através de detalhes onde o clássico e o sofisticado vão dar origem a peças que são, e serão, atuais durante muitos anos, atravessando gerações”, explica a diretora criativa.

No processo de criação de cada nova coleção, o foco recai sempre sobre a qualidade do desenho e do acabamento de cada joia. “Preocupamo-nos em oferecer aos nossos clientes não só um altíssimo padrão de qualidade de execução como também o desenho e a escolha das matérias-primas certas para cada joia. Tentamos sempre inovar e criar algo que surpreenda quem nos procura”, sublinha Luísa Rosas.

Uma marca para a vida

A David Rosas tem, atualmente, uma rede de sete lojas, com localizações privilegiadas no Porto, em Lisboa, na região do Algarve e no Funchal, na ilha da Madeira. Entrar, pela primeira vez, numa loja David Rosas pode ser o início de uma história. “Partimos do princípio de que cada cliente que entra numa das nossas lojas pode tornar-se um cliente para toda a vida”, afirma Pedro Rosas, frisando que “a procura do estabelecimento de relações duradouras e de confiança sempre esteve presente ao longo da história da marca”. “Temos imensos exemplos de clientes que, ao longo dos anos, fazem questão de comprar artigos de alta-joalharia e relojoaria apenas na David Rosas, fruto da relação de confiança que estabeleceram connosco com o decorrer dos anos. Em muitos casos, essa relação transforma-se em amizade e atravessa várias gerações”, revela o CEO.

A relação de proximidade é fundamental para alcançar a qualidade e a personalização do atendimento. “O facto de conhecermos bem os nossos clientes é uma vantagem que nos permite mais facilmente aconselhá-los, antecipar as suas necessidades e, como consequência, servi-los melhor”, explica Pedro Rosas.

A experiência de compra nas lojas David Rosas é complementada com a simpatia natural e o evidente conhecimento dos colabora- dores, “que funcionam como embaixadores da marca e que transmitem a confiança necessária no momento da compra”, refere o CEO, destacando também “o portefólio único de marcas disponível em cada uma das lojas e a organização pontual de eventos, que dá bastante dinamismo aos pontos de venda”.

Luísa Rosas e a expansão internacional

A submarca do mundo David Rosas, Luísa Rosas, foi lançada, em 2014, pelas mãos da própria Luísa Rosas, arquiteta de formação que se tornou designer de joias depois de o irmão, Pedro Rosas, a ter desafiado, em 2009, para o lançamento de uma coleção de joias que a tornar-se um sucesso imediato. A partir desse momento, Luísa Rosas escolheu seguir as pisadas familiares, aplicando nas joias que cria o seu traço pessoal, caracterizado por uma preferência pelas formas leves e pelo experimentalismo, respeitando os mesmos critérios de qualidade que sempre definiram a marca David Rosas.

As criações de Luísa Rosas representaram, aliás, uma renovada manifestação da vitalidade criativa da casa portuguesa, reforçando o seu reconhecimento e prestígio no universo da alta-joalharia em Portugal e noutras regiões do mundo. Quase oito anos depois do seu lançamento em Portugal, a marca Luísa Rosas tem uma notável presença internacional, marcada pela forte aposta nos Estados Unidos da América, onde está presente em cerca de quinze pontos de venda. “Estamos em pontos estrategicamente importantes que são relevantes no mercado norte-americano, mas também a nível global, como é o caso de Neiman Marcus Beverly Hills, O.C. Tanner e Borsheims”, explica a diretora criativa da David Rosas.

A Ásia é a aposta mais recente da marca. “Estamos presentes no Japão, há cerca de um ano, onde começámos a trabalhar com um das maiores e melhores department stores do país, a Mitsukoshi”, revela a designer. Atualmente, a marca também está presente em alguns pontos de venda na Alemanha e na Suíça, e, no futuro, o objetivo é “fazer crescer a presença da marca na Europa”, antecipa.

Apesar de a internacionalização da marca Luísa Rosas ter vindo a revelar “sinais e resultados muito positivos”, o CEO Pedro Rosas ressalva que o foco para a marca David Rosas continua a ser Portugal. “Estamos sempre atentos a oportunidades que possam surgir a nível internacional e acreditamos que a marca Luísa Rosas tem argumentos muito fortes para se afirmar como uma marca de luxo portuguesa e joalheira a nível internacional, mas a nossa prioridade é o mercado português, que tem muito potencial e é onde queremos continuar a ser uma referência.”

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados