Cyrus Genève celebra 10º Aniversário com Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon Sapphire

CyrusGenvecelebra10AniversriocomKlepcysVerticalSkeletonTourbillonSapphire03
CyrusGenvecelebra10AniversriocomKlepcysVerticalSkeletonTourbillonSapphire04
CyrusGenvecelebra10AniversriocomKlepcysVerticalSkeletonTourbillonSapphire01
previous arrow
next arrow

Fundada em 2010, a Cyrus Genève completou os seus 10 anos de existência em 2020 e para comemorar este marco importante, a marca suíça criou uma série limitada de 10 peças. Mas devido à pandemia global, e tal como aconteceu nos Jogos Olímpicos de Tóquio, só agora resulta oportuno revelar o novo Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon Sapphire.

Desenhado pelo mestre relojoeiro Jean-François Mojon, a brilhante mente criativa por trás de todas as criações Cyrus, a primeira edição do Klepcys Vertical Tourbillon foi lançada em 2018 e apresenta um movimento de corda manual excecionalmente inovador que conduz o relógio. A gaiola do turbilhão, colocada pela primeira vez no meio do mostrador, é colocada num eixo vertical com um ângulo de 90°. Estudos minuciosos da equipa técnica da marca revelaram que esse ângulo garante que a gaiola do turbilhão esteja quase sempre na posição vertical quando no pulso, otimizando, assim, o seu desempenho em precisão. Para realçar ainda mais a beleza deste mecanismo surpreendente, Cyrus Genève escolhe uma arquitetura 3D única para o seu mostrador e adota, pela primeira vez, uma caixa de cristal de safira transparente que permite uma visão completa do movimento de todos os ângulos, permitindo que entusiastas e colecionadores apreciem todos os seus impressionantes detalhes.

A transparência da caixa contribui para destacar o arco de ouro 18 K, inspirado na ponte autoportante de Leonardo da Vinci, que divide simetricamente as indicações de horas e minutos. Devido a este layout, o novo Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon Sapphire mostra as horas retrógradas saltantes num arco de microesferas pretas à esquerda, com algarismos árabes luminescentes, enquanto os minutos retrógrados são lidos no arco direito. Os ponteiros das horas e minutos também são cobertos com Super-LumiNova para melhor legibilidade em condições de pouca luz. Os segundos são visíveis na gaiola do turbilhão graças às pequenas placas numeradas numa escala de intervalo de 5 segundos. Entre os dois arcos da ponte do turbilhão, uma esfera preta de microbillé DLC com 5 mm de diâmetro chama a atenção, colocada na posição das 12 horas. Exibe os dias da reserva de energia (de 1 a 4).

Esta estrutura 3D original está protegida por um vidro de safira feito à medida, abaulado e antirreflexo, com uma espessura de 1,2 mm. Graças à sua natureza transparente e ao exclusivo mostrador aberto, todas as características do movimento de corda manual de fabricação interna e do calibre CYR625 (que bate a 21.600 vph e oferece mais de 100 horas de reserva de marcha), podem ser admiradas na íntegra. O “coração pulsante” deste Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon Sapphire também pode ser visto no verso da caixa. Tal revela o acabamento magistral executado pelos mestres artesãos altamente qualificados da Cyrus Genève. As pontes na cor cinza, graças ao tratamento galvânico NAC, são decoradas com um padrão de raios solares em relevo e possuem um acabamento acetinado com micro-contas que contrasta com o acabamento polido das bordas. Os dois barris paralelos têm rodas de catraca laqueadas em preto adornadas com o logotipo de hélice da Cyrus. O anel em cristal de safira, que prende a caixa com parafusos personalizados, possui gravada a inscrição “10 anos Cyrus – Est. 2010”.

Este novo relógio, de edição limitada, é completado com uma pulseira de borracha branca com um novo padrão de prisma em relevo e equipado com uma fivela dobrável em ouro 18 K, embelezada com o logótipo da marca.

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados