Maison Valentino conjuga arte contemporânea com alta costura

MaisonValentinoconjugaartecontemporaneacomaltacostura00
MaisonValentinoconjugaartecontemporaneacomaltacostura03
MaisonValentinoconjugaartecontemporaneacomaltacostura04
previous arrow
next arrow

Moda e arte são disciplinas que derivam em diferentes finalidades – uma mais ligada ao corpo e ao movimento, outra completamente livre de qualquer tipo de constrangimento. Contudo, encontraram uma conjunção no atelier da Valentino Haute Couture: o lugar de fazer, de pensar com as mãos, de traduzir um desejo, uma ideia, uma sensação num objeto tangível.

Impulsionado pelo desejo de construir uma comunidade de criadores em torno da maison Valentino, convencido de que a pintura está para a arte contemporânea como a alta costura está para a moda, o diretor criativo Pierpaolo Piccioli trouxe um grupo de pintores de todas as idades, origens e inclinações estéticas para o seu atelier, envolvendo-os num diálogo que se escreve para sempre na pele da roupa, transmutando as suas superfícies, dando tridimensionalidade ao que se pretende viver sobre um suporte bidimensional, animando em movimento o que se imagina ser observado e contemplado.

Apoiando-se no processo alquímico da obra do atelier e, portanto, nas mãos de outros executantes, com foco na escuta e lentidão do processo, Pierpaolo Piccioli traduz as camadas de cores, os sinais, os fundos, as porções cheias e vazias em linhas, cortes, gestos composicionais, envolvendo cada artista num diálogo sobre o próprio vestido. O resultado é uma coleção de diálogos em que uma nova identidade emerge do confronto de duas forças, e é capturada no vestido.

Este processo experimental e metamórfico ritma uma coleção que sintetiza os códigos Couture de Valentino, desde chapéus flutuantes a vestidos de baile grandiosos, impregnando-os de cores vibrantes, fazendo-os fluir em drapeados e movimentos contraditórios. A silhueta é longa e em camadas, ou curta e escultural. As roupas abrem possibilidades, onde o virtuosismo da obra se desfaz numa leveza inefável e sem esforço.

Aqui, a moda e a arte encontram-se numa experiência de tradução, num gesto que expressa unidade e espírito comunitário. O nome do projeto, Valentino Des Ateliers, contém as suas marcantes características: o dinamismo da conversa, a multiplicidade do trabalho em equipa, estando sempre ao lado do talento. A coleção foi apresentada na Bienal de Veneza, no espaço absoluto e natural do Gaggiandre, emergindo majestosamente do lago.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Joias de cabelo

Incontornáveis na passarela das últimas semanas de moda de Paris e Nova Iorque, os adornos

Bárbara Lourenço

Veja a produção da atriz portuguesa, um exclusivo com maquilhagem Guerlain, capa da edição #26

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Joias de cabelo

Incontornáveis na passarela das últimas semanas de moda de Paris e Nova Iorque, os adornos

Bárbara Lourenço

Veja a produção da atriz portuguesa, um exclusivo com maquilhagem Guerlain, capa da edição #26