‘O Hotel de Vidro’, um thriller fascinante e o livro preferido de Barack Obama

Um thriller, um drama familiar, uma história de fantasmas, um homicídio misterioso e uma análise das raízes problemáticas dos nossos tempos. O hotel de Vidro, o novo romance de Emily St. John Mandel, autora de Estação Onze, já está traduzido em 20 línguas, e um dos livros preferidos de Barack Obama chega às livrarias portuguesas dia 21 de julho e promete aquecer o nosso verão.

Depois do sucesso com Estação Onze, o novo romance de Emily St. John Mandel foi considerado um dos melhores livros do ano 2020 por várias publicações, como a revista Time ou os jornais The New Yorker e The Washington Post, e personalidades

“Porque não engoles pedaços de vidro?”

Um recado misterioso, um hotel numa ilha remota, um esquema Ponzi, um navio, uma jovem empregada de bar, um executivo de transportes marítimos e um financeiro de Nova Iorque prendem-nos neste romance carregado de ganância, culpa, ambição e amor.

A saber!

Um enredo em que suspense, sobrevivência e culpa medem forças lado a lado com amor, desilusão e consequências absolutamente inesperadas. Vincent é a bela empregada de bar do Hotel Caiette, um palácio de vidro e cedro na extremidade mais a norte da Ilha de Vancouver. Jonathan Alkaitis, um financeiro de Nova Iorque, é o proprietário do hotel. Quando entrega a Vincent o seu cartão de visita acompanhado de uma gorjeta, começa assim uma vida em conjunto. Nesse mesmo dia, uma figura encapuçada escrevinha um recado na parede de vidro do hotel: “Porque não engoles pedaços de vidro?” Leon Prevant, executivo de transportes marítimos da empresa Neptune-Avramidis, vê o recado no bar do hotel e fica profundamente abalado. Treze anos mais tarde, logo após a implosão de um imenso esquema Ponzi em Nova Iorque, Vincent desaparece misteriosamente do convés de um navio da Neptune-Avramidis.

Cruzando as vidas destas personagens, O Hotel de Vidro alterna entre o navio, as torres de Manhattan e a natureza selvagem da região remota da Colúmbia Britânica, pintando um retrato avassalador de ganância e culpa, de fantasia e ilusão, de arte e dos fantasmas do passado.

O Hotel de Vidro, um romance em que o suspense é atravessado por episódios de uma aparente leveza, é editado pela Editorial Presença.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

LusoClinic

A operar desde janeiro de 2020 em Portugal, e liderada pelo seu diretor clínico, o