7 livros inspiradores para mulheres empreendedoras

Obras cujas narrativas versam o empreendedorismo, mercado de trabalho e empoderamento feminino; que abordam os desafios para a construção de um negócio e de uma carreira de sucesso, para que possa inspirar-se nas suas melhores ideias e histórias. Porque a leitura é sempre um estímulo e funciona como uma ‘mola’ que nos impulsiona a realizar os nossos sonhos… e a tirar-nos da zona de conforto. Boas leituras!

1DePrincesaaRainhadaModa
2Girlboss
3FacaAcontecer
4DeEmpreendedoreLoucoTodoMundotemumPouco
5Mindfulness-AtencaoPlena
6InTheCompanyOfWomen
7EmpreendedorasdeAltaPerformance
previous arrow
next arrow

1. De Princesa a Rainha da Moda, Diane von Furstenberg

Neste seu livro de memórias – cujo título original é The Woman I Wanted to Be -, Diane von Furstenberg, que ficou famosa pelo icónico vestido envelope (wrap dress), em 1974, e que até hoje é best-seller, reflete sobre a extraordinária trajetória da sua vida, numa história que inspirará otimismo e confiança a quem o ler. Depois de explorar as suas raízes na Bélgica como filha de um sobrevivente do Holocausto, Diane narra as suas glamorosas viagens pela Europa como jovem princesa do jet-set, e evoca a liberdade da Nova Iorque dos anos 1970. Escrito na primeira pessoa, aqui Diane conta tudo que aprendeu sobre amor, beleza e o processo de envelhecimento durante essa jornada, relembrando as três fases de sua vida de empresária, que ela designa como o Sonho Americano, a Volta Triunfal e a Nova Era, fase atual da sua vida, na qual tudo faz para solidificar os seus esforços profissionais e filantrópicos de modo a deixar um legado perene.

2 – #Girlboss, Sophia Amoruso

Este é já um clássico sobre empreendedorismo feminino. De tal forma que até foi transformado em série da Netflix em 2017. #Girlboss conta a história de Sophia Amoruso, fundadora da Nasty Gal — marca de moda vintage americana. No seu livro, Sophia conta como transformou o seu interesse pela moda num negócio milionário. De como começou a carreira no mundo da moda a vender roupas no site e-Bay aos 22 anos. A sua loja nesta plataforma ganhou o nome de Nasty Gal Vintage e acabou por fazer tanto sucesso que se transformou num gigante do e-commerce. Segundo a Forbes, a Nasty Gal vendeu $280 milhões de dólares em seis anos de existência. Nas páginas de #GirlBoss Sophia ressalta que não existe um “passo a passo” até ao sucesso, e que a empresa se tornou o que é graças ao seu esforço, persistência e trabalho empenhado. Ela acabou por deixar o cargo de CEO em 2015, tornando-se Presidente do Conselho de Administração.

3 – Faça Acontecer – mulheres, trabalho e a vontade de liderar, Sheryl Sandberg

Nesta obra, a empresária Sheryl Sanberg, COO da rede social Facebook, analisa os motivos pelos quais a carreira das mulheres, muitas vezes, permanece estagnada. Eleita uma das mulheres mais poderosas do mundo pela revista Forbes em 2019, Sheryl refere a forma como as mulheres são maioria na força de trabalho, porém ainda ocupam menos cargos de liderança do que os homens. Sheryl denota que, ainda que o movimento feminista nas décadas de 1960 e 1970 tenha conseguido conquistas relevantes, a velocidade na qual as situações evoluem ainda é mais lenta do que o progresso em si. Esta COO acredita que um número maior de mulheres em cargos de liderança levará a um tratamento mais justo para todas as mulheres em geral.

4. De Empreendedor e Louco Todo Mundo tem um Pouco, Linda Rottenberg

A autora mostra no seu livro o lado “louco” que qualquer empreendedor pode e deve ter para arriscar e ser bem-sucedido. A co-fundadora da Endeavor apresenta diversas histórias de líderes que tiveram ideias fora do padrão e que se tornaram referências no mercado, mudando o rumo da história. Ela própria enfrentou o desafio de pensar em grande quando fundou a sua empresa. Linda é uma pessoa com pensamento arrojado e empreendedor. E é com a sua visão de futuro que este livro mostra o quão importante é o pensamento empreendedor fazer parte do nosso dia-a-dia. Não só quando se pensa em abrir um negócio próprio, mas empreender no sentido mais amplo, inclusive dentro de uma organização.

5. Mindfulness – Atenção Plena, Mark Williams e Danny Penman

Com mais de 300 mil exemplares vendidos, este livro de meditação apresenta uma série de práticas simples para expandir a sua consciência. No fundo, trata-se de um programa de oito semanas destinado a romper de uma vez por todas com o ciclo de ansiedade, stress, infelicidade e cansaço que nos atormentam. São exercícios breves, testados clinicamente, e com efeito duradouro. Recomendado pelo Instituto Nacional de Excelência Clínica do Reino Unido, este método ajuda a trazer alegria e tranquilidade para a nossa vida, permitindo que enfrentemos os seus desafios com uma coragem renovada. Mais do que uma técnica de meditação, a atenção plena (ou mindfulness) é um estilo de vida que consiste em estar aberto à experiência presente, observando os nossos pensamentos sem julgamentos, críticas ou conjeturas. E descobrindo que a sensação de calma, liberdade e contentamento que tanto procuramos está sempre à nossa disposição – a apenas uma respiração de distância… O livro vem com a oferta de Meditações Guiadas Online (através de um QR Code no interior).

6. In The Company Of Women, Grace Bonney

Escrito pela artista Grace Bonney, o livro nasceu a propósito do seu site,  Design*Sponge, porém de forma diferente. Após um convite para escrever um livro, Grace propôs à editora outra perspetiva: e se, ao invés de projetos de design, ela viajasse pelos Estados Unidos e tirasse fotografias e entrevistasse outras empreendedoras e artistas que estariam a orientar o seu próprio negócio? Ao obter sinal verde, Grace começou a produzir este livro. Ilustrado com imagens, o próprio livro, enquanto objeto, é uma pequena obra de arte. Para quem se considera uma pessoa criativa, autónoma ou freelancer, seja de que segmento for, as mulheres presentes nesta obra vão inspirar de sobremaneira. São mais de 100 mulheres excecionais e influentes que descrevem como abraçaram o seu espírito criativo, superaram adversidades e iniciaram um movimento global de empreendedorismo. Profissionais dos media e ceramistas, hoteleiras e tatuadoras, comediantes e arquitetas – tomados em conjunto, tais perfis “pintam” uma bela imagem do que acontece quando perseguimos as nossas paixões e sonhos.

7. Empreendedoras de Alta Performance, Andréia Roma, Tatyane Luncah e Vanessa Cotosck

Com prefácio escrito pela diretora da rede Magazine Luiza, Luiza Trajano, empresária de prestígio, este livro apresenta uma proposta de diálogo com o leitor. Escrito por mulheres – Tatyane Luncah, publicitária e coach; Andréia Roma e Vanessa Cotosck, empresária e coach, respetivamente – e sobre mulheres, a obra reúne exemplos de grandes executivas e empresárias bem-sucedidas, confiantes, determinadas, persistentes e apaixonadas pelo que fazem, contando as suas estratégias e experiências com o empreendedorismo de sucesso. Trata-se de uma obra que revela experiências de mulheres que estão aptas a marcar toda uma geração de líderes empreendedores. A capa foi inspirada em Amelia Earhart (pioneira na aviação dos Estados Unidos) e tal não foi à toa, pois o livro pode ser de grande ajuda para todas as mulheres que se preparam para o mercado e a dinâmica dos negócios.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Mônica Rosenzweig

Natural do Rio de Janeiro, a designer de joias viu a sua criatividade ser o