Luxo capilar: Cuidar do cabelo como cuidamos da pele

previous arrow
next arrow
Slider

À semelhança da pele, o cabelo também envelhece, mas estaremos a seguir todos os cuidados necessários para prevenir os problemas que mais o afetam com o passar do tempo? Experimentámos um inovador método antiaging que se ajusta às verdadeiras necessidades de cada cabelo e contamos-lhe tudo.  

Por Sofia Santos Cardoso

Não poderíamos falar de antiaging sem antes falar de envelhecimento celular. Por ser inevitável, requer cuidados ao longo da nossa vida para que os seus efeitos sejam o menos visíveis possível. «É a partir dos 25 anos que parte do nosso organismo começa a entrar em degeneração e o cabelo não é exceção», começa por alertar Ricardo Vila Nova, formado em Cosmética Dermatológica pelo Institute College of London e especializado em Tricologia, a área da ciência que estuda o cabelo. «Perda de volume, secura, oleosidade, ausência de brilho e queda de cabelo são apenas algumas das condições mais comuns que afetam o nosso cabelo, resultado deste envelhecimento», indica o especialista, que propõe uma abordagem inovadora de cuidado capilar na sua clínica 212.2 Ricardo Vila Nova, situada na Avenida da Liberdade, em Lisboa. Impedir o (re)aparecimento de todos estes problemas e evitar as suas consequências a longo prazo é a missão de Ricardo Vila Nova. A F Luxury entrou neste espaço tão exclusivo e conta-lhe todos os passos de um método de prevenção e tratamento inovador, verdadeiramente personalizado e holístico.

Tratar a partir de dentro

Quando nos maquilhamos, e melhoramos a nossa aparência, se a pele não estiver bem cuidada tal efeito será apenas momentâneo. O mesmo acontece com o cabelo. Se recorrermos apenas à lavagem tradicional e às técnicas de embelezamento disponíveis no salão de cabeleireiro, como brushings, alisamentos ou colorações, estaremos apenas a embelezar o cabelo, sem o tratar. Para uma intervenção adequada, é fundamental conhecer as características do cabelo e detetar o seu grau de envelhecimento. «Com o passar do tempo, o mecanismo celular que dá origem ao cabelo torna-se ‘preguiçoso’, ou seja, as células mais antigas deixam de passar informação às células novas e o cabelo começa a entrar em degeneração. As pessoas começam a perceber que o cabelo já não cresce da mesma forma, que já não tem o mesmo volume e que já não é tão denso e homogéneo», esclarece Ricardo Vila Nova.

Os cuidados certos, para além de envolverem um estilo de vida saudável, nomeadamente uma alimentação equilibrada, também requerem o uso dos cosméticos certos, adequados às reais especificidades do nosso cabelo. «É essencial garantir a proteção do couro cabeludo, através do uso de um champô que consiga minimizar a sensibilidade do couro cabeludo, repor os filmes hidroprotetores e ativar uma boa microcirculação na raiz para manter o metabolismo do cabelo ativo», recomenda o hair doctor.

O poder do detox capilar

Na clínica 212.2 Ricardo Vila Nova, tudo começa com uma consulta de diagnóstico, onde é realizada uma análise ao ADN do cabelo. «Através desta análise, que é feita a partir de uma amostra de cabelo, é possível decifrar a nossa situação hormonal, nutricional e genética, e detetar alterações que devemos corrigir. A amostra de cabelo é recolhida logo na primeira consulta e a sua leitura é feita no imediato. Mediante o resultado obtido, é então traçado um tratamento para as necessidades específicas do nosso cabelo. O início do tratamento começa, geralmente, com o chamado «detox capilar» que é realizado pela primeira vez na clínica e que, posteriormente é mantido em casa, através de uma linha de cosméticos home care, desenvolvida especificamente considerando as características e as carências detetadas no nosso cabelo. Este detox pode ser considerado o primeiro passo deste inovador método antiaging e tem três funções distintas: «Reequilibrar o pH do couro cabeludo, eliminar as toxinas presentes na raiz e fazer a reconstituição metabólica e proteica do cabelo, devolvendo a densidade, a elasticidade e o brilho tão desejados», explica Ricardo Vila Nova.

Os melhores tratamentos reparadores

O tratamento pode incluir apenas o detox capilar ou, quando os danos causados pelo envelhecimento celular são maiores, é necessário recorrer a outros tratamentos antiaging que utilizam a tecnologia para atingir as camadas mais profundas da pele e têm uma função mais reparadora. «Hoje em dia, através de instrumentos tecnológicos que atuam sobre a derme (neste caso, sobre o couro cabeludo) é possível criar um efeito de microestimulação e regeneração das células responsáveis pelo crescimento do cabelo. Exemplo disso, são os dermarollers, com microagulhas, que promovem a renovação celular, e os tratamentos com laser de baixa frequência, que permitem a bioestimulação do cabelo. As duas técnicas conseguem atingir as camadas mais profundas da pele e fornecer componentes que o metabolismo do nosso cabelo não está a gerar, como a cistina, uma proteína que estimula o crescimento do cabelo e a recuperação do volume», explica Ricardo Vila Nova.

A nossa experiência

Após a nossa primeira consulta, onde foi realizado o diagnóstico capilar, foi traçado o plano de tratamento que engloba uma linha de produtos formulados especificamente para responder às necessidades do nosso cabelo. Em cada produto, seja pré-champô, champô ou máscara, estão misturados os ingredientes que o nosso cabelo precisa. O tratamento é iniciado na clínica, numa segunda consulta, com os mesmos produtos que vamos levar para casa, num ritual que torna faz deste tratamento uma verdadeira experiência de bem-estar. O pré-champô, que permite desintoxicar o couro cabeludo e eliminar as toxinas, é aplicado durante uma relaxante massagem ao couro cabeludo e prepara o cabelo para receber a lavagem e hidratação especiais – afinal, vai ser utilizado o champô e, depois, a máscara, que foram concebidos especialmente para nós e que vão fornecer ao nosso cabelo os nutrientes de que este precisa (no nosso caso, potássio e cálcio).

O toque final

As máscaras de cabelo aqui utilizadas têm ainda a particularidade de conterem óleos hidrolisados, que têm uma capacidade de penetração e hidratação maior. No final, é ainda aplicada uma loção à base de vitaminas e minerais com o objetivo de reequilibrar o couro cabeludo. Todos os produtos, para além de personalizados, contêm ingredientes de origem natural (algas marinhas e extratos de aveia são alguns exemplos) e ingredientes produzidos em laboratório, como o colagénio e as ceramidas, que otimizam os resultados pretendidos.

Resultados inconfundíveis Embora os resultados mais notórios se tornem visíveis só ao fim de algumas semanas, logo após o primeiro tratamento é possível perceber o efeito desintoxicante que o pré-champô deixa no couro cabeludo, a sensação de limpeza inconfundível e a leveza e suavidade do cabelo, que fica mais denso e brilhante. Com o passar do tempo e a continuação do tratamento em casa, os resultados tornam-se mais evidentes e são monitorizados através de novas consultas periódicas, agendadas conforme a evolução de cada caso. De uma forma geral, «há uma melhoria do estado do couro cabeludo e da textura do cabelo. A longo prazo, o cabelo torna-se mais resistente e mais denso», assegura Ricardo Vila Nova. No nosso caso, para além de ter sido possível corrigir um couro cabeludo sensibilizado, o cabelo ficou realmente mais denso e volumoso. Mas, no final, o mais gratificante é perceber que, para além de um cabelo mais forte e brilhante que nos faz sentir mais bonitas e confiantes, é saber que estamos a cuidar da saúde do nosso cabelo, desde dentro, como nunca o fizemos antes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes