Angelina Jolie dá o rosto por ‘Women for Bees’, a iniciativa Guerlain x UNESCO

A conhecida atriz é a madrinha do programa ‘Women for Bees’, uma iniciativa Guerlain e UNESCO no âmbito da proteção das abelhas, colaboração que se prende com a defesa da profissão de apicultor (2021), através de um programa inovador de empreendedorismo feminino no domínio da apicultura. O programa ‘Women for Bees’ será desenvolvido nas Reservas da Biosfera da organização, com o apoio do Observatório Francês de Apicultura (OFA), e apoiará apicultoras de diversas partes do mundo, da Rússia à Etiópia e Camboja.

Com inicio previsto para 21 de junho de 2021, a formação de 30 dias, que decorrerá no OFA, localizado em Massif de la Sainte-Baume, na Provença, França, dará as boas-vindas a cinquenta mulheres nos próximos cinco anos, oriundas de cinco reservas da biosfera da UNESCO diferentes em cada ano.

Cada participante irá adquirir as bases teóricas e práticas das várias dimensões da apicultura, incluindo a exploração de um apiário profissional, graças aos conhecimentos especializados dos apicultores do OFA. O objetivo consiste em capacitar as mulheres através de uma atividade profissional sustentável baseada no conhecimento especializado.

“O papel das mulheres na gestão da biodiversidade e nos processos de tomada de decisões ainda não é completamente reconhecido. Por conseguinte, apoiar e promover o contributo das mulheres enquanto agentes da mudança é essencial e uma prioridade global da UNESCO. O programa ‘Women for Bees’ Guerlain x UNESCO não só destaca a sua interdependência com outras espécies vivas, mas também incentiva as mulheres a serem ‘criadoras de mudança’ dando-lhes formação e levando-as a criar e experimentar a apicultura sustentável nas Reservas da Biosfera da UNESCO, como forma de viver na Terra em harmonia com as outras espécies – é este o espírito do nosso compromisso com a biodiversidade, e o significado da nossa parceria global com o grupo LVMH”, afirma Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO.

“Pessoalmente, tenho um enorme orgulho no programa ‘Women for Bees’ Guerlain x UNESCO, que une dois pilares essenciais do compromisso assumido pela nossa Maison, em nome da beleza: proteger as abelhas e empoderar as mulheres. Estamos empenhados em contribuir efetivamente para a proteção das abelhas, uma das maravilhas da Natureza mais preciosas, e originar, simultaneamente, um impacto positivo na sociedade. Cada um de nós, cada organização, tem um papel a desempenhar em tornar o mundo num lugar melhor e mais responsável. A Guerlain está empenhada em fazer a sua parte, com humildade e convicção”, refere Véronique Courtois, CEO da Guerlain.

As Reservas da Biosfera que estarão envolvidas nos dois primeiros anos incluem Iles et Mer d’Iroise (França), Sila (Itália), os Balcãs Centrais (Bulgária), Kozjansko e Obsotelje (Eslovénia), Katunskiy (Rússia), Tonle Sap (Camboja), Kafa (Etiópia), Volcans (Ruanda) e Xishuangbanna (China).

Até 2025, serão criadas 2500 colmeias em 25 Reservas da Biosfera da UNESCO e repovoadas 125 milhões de abelhas. Até esse ano, 50 mulheres terão concluído a formação e recebido um apoio que lhes permitirá desenvolver as suas próprias atividades de apicultura, participando simultaneamente num projeto vital e benéfico em termos sociais.

A apicultura pode gerar rendimento para as populações mais desfavorecidas das zonas rurais, que não possuem as suas próprias explorações ou propriedades agrícolas. Pode ainda gerar rendimento e melhorar a segurança alimentar em zonas onde a produção agrícola é mínima.

Angelina Jolie, que, enquanto madrinha do programa, irá conhecer as apicultoras e acompanhar o seu progresso, afirma: “Quando as mulheres adquirem competências e conhecimentos, o seu instinto é contribuir para o desenvolvimento de outras mulheres. Estou ansiosa por conhecer as mulheres que participam neste programa, oriundas de todas as partes do mundo. Quero saber mais sobre elas e sobre a sua cultura e contexto, e o papel que as abelhas desempenham no meio de tudo isso. Espero que a formação reforce a sua independência e melhore os seus meios de subsistência e as suas comunidades”.

Há 17 anos, Angelina Jolie criou uma fundação em nome do seu filho Maddox, na região de Samlot, no Camboja, para apoiar a comunidade e a ecologia de uma das zonas do país mais afetadas pela guerra civil cambojana, onde Angelina tem uma propriedade e passa longos períodos em família.

A Fundação dedica-se ao alívio da pobreza rural extrema, à proteção do ambiente e à conservação da vida selvagem naquela região. Apoia o povo cambojano no desenvolvimento da comunidade e na proteção dos recursos naturais. Além de programas nas áreas da saúde, da educação, da agricultura e do empoderamento feminino, oferece formação a agricultores e à comunidade para os ajudar a fazer o melhor uso possível do gado, dos terrenos e dos recursos, incluindo formação em apicultura e produção de mel.

A parceria de Angelina com a Guerlain nasceu precisamente no Camboja em 2016. A atriz levou novamente a empresa até ao Camboja em 2019 para filmar o mais recente anúncio do perfume Mon Guerlain e para conhecer os membros da equipa da Fundação, bem como os beneficiários locais do seu trabalho.  

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Joias de cabelo

Incontornáveis na passarela das últimas semanas de moda de Paris e Nova Iorque, os adornos