Design de interiores, cinco tendências para este ano

ABERTURA-Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202102
ABERTURA-Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202102
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202104
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202104
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202103
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202103
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202108
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202108
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202106
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202106
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202105
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202105
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202109
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202109
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202107
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202107
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202101
Designdeinteriores-Cincotendenciaspara202101
previous arrow
next arrow

O ano 2020 transformou, sem margem para dúvida, o nosso quotidiano e a forma como habitamos e vivemos a nossa casa. Esta deixou de ser apenas o lugar que nos dá abrigo para se transformar no espaço onde trabalhamos, exercitamos, passamos os tempos livres, partilhamos tempo com a família. Talvez por isso, nunca antes a nossa casa tenha sido tão importante quando se trata de pensar e tomar decisões para dotá-la do máximo conforto, harmonia e aconchego. A F Luxury partilha consigo algumas das tendências de design de interiores que poderemos adotar este ano para uma casa com todas estas valências.

Natural

É a palavra-chave da atualidade. Tem tudo a ver com o menor impacto ecológico, com o reaproveitamento de materiais, a mistura de texturas e acabamentos. Em 2021, há um interesse maior por tudo o que ‘vive’, enfatizando a conexão do ser humano com a natureza.

Esta tendência baseia-se no retorno às origens, com predomínio de ambientes limpos. Materiais naturais, recicláveis e orgânicos, como gesso, tijolo, madeira natural e pedra, complementados com a luz do dia e as plantas, são os favoritos desta época, pois fazem-nos lembrar o exterior, tão almejado neste momento.

Misturas

O tempo em que todos os pisos e até paredes tinham um único e mesmo acabamento passou à história. Hoje, importa sobretudo combinar estilos e ousar incorporar diferentes cores, texturas e materiais. Por um lado, nesta temporada assistiremos à tendência marcante de incorporar materiais suaves, naturais e táteis nos espaços e combiná-los com tons neutros e quentes, com algumas pinceladas de cores em paletas áridas e terrosas, que serão acompanhadas por texturas amadeiradas, como carvalho ou nogueira.

Os pisos podem apresentar texturas lisas ou acabamentos com textura pouco contrastante. Já as paredes revelam um inusitado revestimento de madeira em diferentes tons para quebrar a homogeneidade das superfícies lisas. Os tons neutros nunca saem de moda, mas é sempre bom aprender a correr certos ‘riscos’…

Mármores

Os revestimentos de grande formato são imperdíveis em 2021. As novas tecnologias e as inovações dos últimos anos tornaram possível transferir toda a beleza da pedra natural para materiais que facilitam a instalação em paredes, pisos, móveis e revestimentos, criando espaços elegantes e de extremo bom gosto. Entre os materiais tendência encontram-se mármores, granito com veios e texturas granuladas que conferem tato às superfícies planas, que podem ser combinados com cores arriscadas em pavimentos, paredes e tetos.

Portanto, poderemos ver muito mármore e acabamentos semelhantes em painéis de parede, mesas de jantar ou em detalhes noutros espaços da casa, onde se pode apreciar a homogeneidade do seu fundo, seja claro ou escuro, com os característicos veios, promovendo elegância, sobriedade e um certo toque de mistério aos interiores.

Anos 70

No que toca à decoração, os 70 parecem estar sempre presentes… Acessórios cromados, madeiras escuras com veios contrastantes e, principalmente, o recurso a acabamentos metálicos em tonalidades que vão do cobre ao dourado refletidos em pormenores, molduras, candeeiros, puxadores e em detalhes bem específicos dentro do espaço, são a prova de que os anos 70 voltaram para ficar. Pequenos detalhes que nos transportam àquela época de ouro do design.

Tons escuros

Outra das tendências estrela em 2021 será o clássico reinventado, com um quê de irreverente. Nesta corrente, observamos linhas e elementos clássicos contrastados com fortes combinações de texturas, onde predominam os espaços semi-monocromáticos com a prevalência dos neutros, cinzas, pretos e cinzentos e um elevado grau de contraste entre superfícies com texturas heterogéneas.

Esperam-se designs e composições arrojadas que utilizem tons muito escuros e profundos, tanto para móveis, quanto para paredes e revestimentos, onde predominam as madeiras pintadas, com motivos, num ressurgimento do glamour retro e acenando-nos com uma nova visão de luxo moderno.

Qualquer que seja o seu gosto, o importante em design de interiores é que o mesmo se adapte ao seu estilo de vida e reflita a sua personalidade e a dos que vivem consigo, especialmente num contexto em que a casa se tornou tão elementar nas nossas vidas.

Por João Libério

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Joias de cabelo

Incontornáveis na passarela das últimas semanas de moda de Paris e Nova Iorque, os adornos

Bárbara Lourenço

Veja a produção da atriz portuguesa, um exclusivo com maquilhagem Guerlain, capa da edição #26