Ano Novo Chinês: 2021 será o ano do Boi de Metal

O Ano Novo Chinês acontece a 12 de fevereiro deste ano (o seu término será a 31 de janeiro de 2022) e com ele inicia-se o Ano do Boi de Metal. O boi é o segundo animal do calendário chinês, que muda anualmente. Por isso, cada Ano Novo Chinês traz consigo um animal diferente com implicações simbólicas que estão enraizadas na mitologia.

A astrologia chinesa baseia-se no calendário lunar e os doze signos animais que formam o zodíaco chinês aparecem combinados com os cinco elementos: Fogo, Terra, Metal, Água e Madeira. Por sua vez, subdividem-se em polaridades positiva/yang ou negativa/yin. Desta forma, o ciclo completo da Astrologia Chinesa leva sessenta anos, formado por cinco ciclos de 12 anos. Cada ano é regido por um signo animal, que exerce influência nas pessoas nascidas naquele ano. O ano lunar é dividido em doze meses de 29 dias e meio e o mês lunar inicia-se no dia da lua nova. Por isso, o Ano Novo Chinês começa num dia diferente a cada ano.

Estaremos no campo das virtudes e dos desafios que a energia do signo do Boi trará para este novo ano. Com ele, vem o elemento Metal, confiante e estável nas suas representações enquanto arquétipo mais característico e direcionado a movimentos internos e de manutenção conforme a sua polaridade Yin o influencia. De acordo com a Astrologia Chinesa, as energias vinculadas na constituição do Boi simbolizam fatores de superação, trabalho e certo esforço no empenho das realizações do quotidiano, onde a dedicação é uma virtude que desempenhará um papel fundamental para que os frutos sejam colhidos.

O Boi é independente, responsável, disciplinado e muito trabalhador. Gosta de rotinas e valoriza as tradições. O sucesso virá com a ordem, o planeamento metódico, o pensamento lógico, a disciplina e a ação direcionada, pois será um período voltado para a consolidação de conquistas pautadas na realidade.

A pensar no animal do Ano Novo Chinês, algumas marcas já começaram a celebrar aquela que é considerada uma datas mais aguardadas na cultura chinesa, com coleções de edição limitada onde o boi surge em evidência ou serve apenas de inspiração. De Gucci a Chopard, de Louis Vuitton a Estée Lauder e de Guerlain a Moschino, selecionámos algumas das peças premium inspiradas no novo ano lunar da astrologia chinesa.

Por João Libério

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes