Jaeger-leCoultre introduz Master Control Chronograph Calendar

previous arrow
next arrow
Slider

A coleção Master Control da Jaeger-LeCoultre, lançada em 1992, tem-se pautado desde sempre pelo rigor técnico e por um estilo discreto, bem como pela sua constante evolução imbuída do profundo respeito da maison pela tradição e incessante busca pela inovação.

O modelo principal da nova coleção Master Control – Master Control Chronograph Calendar – apresenta o Calibre 759, um movimento recentemente desenvolvido que combina um cronógrafo com calendário triplo e fases da lua. Figurando pela primeira vez num relógio Jaeger-LeCoultre, esta aliança de complicações evoca as antigas ligações entre a relojoaria e a astronomia. Além disso, o novo Calibre 759 introduz um cronógrafo com roda de pilares com embraiagem vertical, um indicador das fases da lua e uma reserva de corda de 65 horas.

O mostrador harmonioso combina a familiaridade de duas complicações clássicas – calendário triplo e cronógrafo duplo –, gizado pelos designers da Jaeger-LeCoultre que desta forma tornaram a sua leitura simples e intuitiva, apesar da complexidade da informação. O cronógrafo de 30 minutos situado às três horas é equilibrado pela abertura dos pequenos segundos às nove horas, enquanto as janelas do dia e do mês, na parte superior do mostrador, são equilibradas pelas fases da lua e pelo indicador da data, às seis horas. Tudo isto surge ancorado pelo ponteiro dos segundos do cronógrafo central e contido pela escala pulsométrica marcada em redor do rebordo do mostrador. Complementando o estilo intemporal do Chronograph Calendar, os botões retangulares deste cronógrafo imprimem um toque prático e moderno à generosa caixa com 12,05mm de espessura, disponível em aço ou em Le Grand Rose gold®.

Recorde-se que, quando apresentada em 1992, a linha Master Control foi a primeira das coleções Jaeger- LeCoultre a beneficiar da certificação pioneira “1000 Hours Control”, o que, inclusive, serviu de inspiração para o nome. Um exigente processo que testa todos os elementos inseridos na caixa do relógio – e não apenas o seu movimento – estabeleceu um novo padrão, quando foi introduzido. E conforme atesta o novo Master Control Chronograph Calendar, continuou a evoluir respondendo aos avanços tecnológicos, permanecendo um dos protocolos de teste mais rigorosos da indústria relojoeira.

Por João Libério

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Desconfinar mente e alma

Sugerimos seis propostas, entre Lisboa e Nova Iorque, onde o patamar de qualidade é extraordinariamente