Carolina Herrera: Good Girl Eau de Parfum Suprême, a irreverência tem um novo cheiro

previous arrow
next arrow
Slider

Carolina Herrera tem um novo perfume feminino, Good Girl Eau de Parfum Suprême, uma homenagem à nossa personalidade mais irreverente e à fragrância Good Girl, a mais irresistível até hoje.  

A sua fórmula ousada questiona as regras da perfumaria e reinventa o contraste emblemático de luz e sombra que fez do primeiro perfume Good Girl (2016) um sucesso instantâneo, agora com uma fórmula explosiva, que redefine a icónica flor de Carolina Herrera: o Jasmim. Infundidas com a exuberância das bagas e uma overdose de fava Tonka, estas aromáticas flores brancas revelam o seu lado mais atrevido. A fava Tonka exala uma sensualidade opulenta, as bagas irradiam uma suculência intensa e, quando o bouquet delicado e brilhante do Jasmim Egípcio encontra a escuridão desta dupla irreverente, a mistura é explosiva. Tal oposição harmoniosa incentiva a ultrapassar os limites.

“Good Girl é uma homenagem à nossa dualidade, às nossas luzes e sombras. Ter consciência da nossa versatilidade faz de nós mais fortes. Apenas seremos verdadeiramente nós quando abraçarmos todas as nossas facetas, incluindo a nossa irreverência. Às vezes, é preciso quebrar as regras”, assim afirma Carolina A. Herrera, diretora criativa da secção Beauty.

Este oriental exuberante e gourmand, que incorpora ingredientes requintados e uma estrutura vanguardista, reinventa a sua família olfativa. No topo, as frutas vermelhas enfatizam a perversidade. “O seu caráter gourmand é muito evocativo e remete para a nossa infância”, descreve Louise Turner, a perfumista.

A personalidade afrodisíaca do Jasmim Egípcio, no coração, é realçada pela nuance almiscarada das bagas. É a primeira vez que esta variedade de Jasmim, famosa pela sua intensidade, é incluída num perfume Carolina Herrera.

Esta dupla emblemática seduz e é realçada pelas texturas cremosas da fava Tonka, que se encontram no inferior.

Suprême inclui a maior proporção de fava Tonka – um acorde quente – alguma vez incorporada num perfume Good Girl. Este ingrediente confunde-se com outro, tradicionalmente usado em fragrâncias masculinas: Vetiver. Um elemento que sublima de imediato e dá um toque muito moderno à fórmula.

Suprême exibe-se com a mesma silhueta icónica de Good Girl, mas de uma forma mais excessiva e extravagante: o novo frasco revela um intrigante dégradé de preto e glitter (o sapato) com salto dourado. O preto é marcante e sofisticado. Imbatível, esconde mais do que mostra. É sedutor e misterioso, é brincalhão e travesso. Esta cor Carolina Herrera é tão versátil quanto a personalidade de uma mulher e embeleza tudo o que toca.

A composição do glitter – pequenas partículas cuja forma como brilham muda dependendo do ângulo da luz – é uma alegoria da nossa personalidade única e imprevisível. Uma metáfora do nosso poder inato de sedução e da nossa natureza camaleónica.  

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes