Montblanc Heritage High Artistry Egyptomania revisita tesouros do Antigo Egito

previous arrow
next arrow
Slider

A Montblanc anunciou o lançamento de uma edição limitada inspirada no renascimento dos tesouros do Antigo Egito, nela se refletindo todo o mistério e beleza desta cultura antiga, assim transformando instrumentos de escrita em brilhantes obras de arte.

As edições Montblanc High Artistry são a expressão da mestria artesanal e criatividade da maison. A cada nova edição, os artesãos e designers da marca unem-se para ultrapassar os limites da excelência técnica e artística, transformando instrumentos de escrita funcionais em objetos de enorme beleza, adornados com pedras brilhantes. Apoiada nos raros métiers d’art cultivados nos Ateliers da Montblanc há gerações, cada nova edição da marca baseia-se na sua herança para interpretar um tema cultural ou histórico com criações joalheiras que desafiam a nossa mais fértil imaginação.

Composta por cinco preciosos instrumentos de escrita diferentes, a coleção Montblanc High Artistry Heritage Egyptomania explora a civilização do Antigo Egito, fazendo uso de diversas e diferentes técnicas para ressuscitar alguns dos seus tesouros mais resplandecentes: lapidação e engaste, gravação manual, lacagem, ourivesaria elaborada e escultura em ouro.

As designadas “Canetas de Tinta Permanente Egípcias” da Montblanc, com uma forma octogonal e gravações de estilo egípcio, foram introduzidas na década de 1920 durante o auge da “Egiptomania”, quando reinava um fascínio por tudo o que estava ligado à antiga civilização egípcia. No auge das aventuras e descobertas arqueológicas, incluindo a escavação do túmulo do Rei Tutankhamon, o Egito captou o imaginário do mundo e teria uma das mais fortes influências no domínio das artes e da vida intelectual.

Até hoje, uma das descobertas mais importantes do Antigo Egito – o sarcófago do rei Tutankhamon – permanece uma maravilha de mestria artesanal e beleza. A forma geral do instrumento de escrita é uma reminiscência do mesmo e apresenta a distinta forma octogonal da nova edição Montblanc Heritage Egyptomania. Cada instrumento de escrita é encerrado dentro do elaborado sarcófago como se de um tesouro se tratasse, com um mecanismo de tampa especial para abri-lo e fechá-lo. A tampa superior do sarcófago das versões Edição Limitada 1 e Edição Limitada 5 é inspirada na Serpente Uraeus que adorna a coroa dos Reis e Rainhas. Enquanto a cobra é um símbolo de poder e realeza, o engaste especial falcão da pedra central é um símbolo da realeza divina. O escaravelho apresentado em cada tampa simboliza a imortalidade e o renascimento na antiga religião egípcia, empurrando o sol poente no céu. A tampa do sarcófago é embelezada com um conjunto de hieróglifos reais que ilustram a palavra “Montblanc”. Criados em parceria com um especialista em egiptologia, estes símbolos significam “montanha de pedra branca”.

A Montblanc revive toda a magia do Antigo Egito nesta sua nova coleção.

Por: João Libério

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Mônica Rosenzweig

Natural do Rio de Janeiro, a designer de joias viu a sua criatividade ser o