Resveratrol-Lift, da Caudalie, o antienvelhecimento agora reinventado

previous arrow
next arrow
Slider

A Caudalie aconselha: o melhor colagénio? É o seu. Reforce-o! Uma nova patente com colagénio vegan para uma eficácia ainda maior, esta é a boa notícia com que a Caudalie nos presenteia na sua linha Resveratrol-Lift! Quando nos aproximamos dos 40 anos, a produção de colagénio e de ácido hialurónico diminui fortemente. O resultado? A perda de firmeza de -40%, o que se traduz em rugas cada vez mais visíveis.

Mathilde Thomas, a empresária e fundadora da marca francesa, incansável na procura das soluções mais eficazes, e o mais naturais possível, decidiu continuar a sua colaboração com a prestigiosa Harvard Medical School e com o Dr. David Sinclair. Apelidado “Guru da longevidade” e apontado pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, Sinclair é um dos maiores especialistas da atualidade na luta contra o envelhecimento. É sua a frase: “The first person to live to 150 has already been born.”

Enquanto o colagénio geralmente utilizado nos produtos cosméticos é de origem animal, a sempre fiável Caudalie escolheu um potenciador de colagénio vegan com o objetivo de respeitar a pele e preservar o ambiente.

Por isso, se contra as rugas não há milagres, há uma patente. A Caudalie e a Harvard Medical School descobriram, numa estreita colaboração, que a patente Resveratrol + ácido hialurónico é duas vezes mais eficaz do que o retinol na produção natural de colagénio. E decidiram, assim, ir mais longe ao testar uma associação inovadora de resveratrol + ácido hialurónico + potenciador de colagénio vegan, depositando em conjunto a nova patente exclusiva (FR 1555116).

Potenciador de colagénio vegan: Reafirma, atuando sobre todas as camadas da pele. Origem: obtido de cascas de mogno, colhidas sustentavelmente em África, no Burkina Faso.

Ácido hialurónico natural: Preenche. É obtido através de biotecnologia a partir de glucose de milho.

Resveratrol de videira: Estimula a atividade das proteínas de juventude da pele, sendo obtido nos sarmentos de videira colhidos em França. Os resultados são impressionantes: cinco vezes mais produção natural de colagénio e duas vezes mais produção de ácido hialurónico para uma pele refirmada, preenchida e visivelmente mais jovem. A nova patente encontra-se presente em toda a gama Resveratrol-Lift, totalmente repensada por esta ocasião, com embalagens ‘desperdício zero’, inteiramente (100%) recicláveis – contra 40% recicláveis em 2019 -, e cujas cartonagens, em papel FSC aligeirado, permitem uma diminuição em 40% da pegada carbono.

Por Fátima Magalhães

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes