A moda invade as paredes

previous arrow
next arrow
Slider

Erdem Moralioglu desenha a coleção de papel e tecido com o selo da De Gournay, ao mesmo tempo que a casa Hermès prossegue a sua aventura no revestimento de paredes, desta vez com padrões em jeito de banda desenhada.

A experiência da De Gournay na criação de papéis de parede chinoiserie alcança novos níveis de esplendor com a recente colaboração com Erdem Moralıoglu – o designer conhecido pela abordagem sempre romântica e alegre constante nas suas criações. Os desenhos, pintados à mão, da coleção de papel de parede e de tecido para a De Gournay exibem as mesmas silhuetas elegantes a que já nos habituou na moda, agora passíveis de serem, de várias formas, alargados aos interiores. A representação da natureza em plena floração está bem presente nos padrões e cores, numa visão primaveril, de nascimento e de vida, enfatizada por tons saturados. “Hydrangea”, “Hollyhock”, “Irises”, “Chrysanthemum” e “Morning Glory” agitam‐se numa treliça verde‐ jante de galhos, com pardais, faisões e garças, entre outros, intercala‐ dos por toda a parte. Erdem presta assim uma homenagem à natureza, aos pássaros cheios de vida que se agitam por entre a folhagem. Por seu turno, e para desfilar em breve, a equipa de Erdem destacou alguns destes motivos na sua coleção de moda primavera/verão 2020, noutra escala, em padrões coloridos de azul‐marinho, branco e preto.

Nos interiores, a coleção resultante para as temporadas de primavera/verão combina o carácter requintado e vívido das duas marcas com as primeiras execuções de papel de parede de De Gournay, em “Golden Yellow”, “Adam Gray” e “Kelly Green”, que agora se juntam à coleção icónica e já consagrada de chinoiserie. Esta não é, contudo, a primeira vez que moda e interiores se cruzam no percurso da marca. Já em 2017, a top model britânica Kate Moss havia embarcado numa aventura criativa com a De Gournay. O resultado da colaboração dá pelo nome de “Anemones in Light” e revela um novo desenho que une as coleções permanentes de papéis de parede pintados à mão da célebre casa francesa.

Também a maison Hermès se aventura nos interiores, com propostas de tecidos e papéis de parede que exploram novos territórios e formatos. Para o traço e a energia das linhas, generosas, foram usados caneta esferográfica, caneta de feltro, lápis de cor ou aguarelas. As propostas Hermès percorrem cenários de esplanadas e da paisagem urbana, num todo que aborda a arquitetura contemporânea numa linguagem própria, misturando generosidade ilustrativa e abstração geométrica.

Sobre a Erdem

A Erdem é uma marca independente de moda feminina com sede em Londres. Fundada em 2005 pelo designer Erdem Moralıoglu, a empresa trilhou o seu próprio caminho no sector. Poético e rigoroso, intemporal, versátil, o mundo de Erdem é uma interação intrigante de força e beleza, já consagrada noutras propostas da marca. Em pouco mais de uma década, Erdem Moralıoglu soube estabelecer uma linguagem exuberante da feminilidade que vai muito além da moda. O objetivo? Inspirar força e confiança nas mulheres para quem desenha. A sua linguagem apaixonada, com carácter evocativo e excêntrico, tem estabelecido um diálogo de uma beleza intensa e romântica com o número crescente de fãs no mundo inteiro. Junte‐se a isto o respeito pelo artesanal, desde sempre combinado com o entusiasmo da inovação, na técnica e na aplicação. A moda de Erdem é, por isso, uma mensagem: não é o que a mulher veste, mas como ela se sente, que importa. E, para isso, conta fazer o melhor, com os melhores.

Sobre a De Gournay

De Gournay é uma empresa familiar conhecida por criar os mais luxuosos papéis de parede, tecidos e porcelanas pintados à mão do mundo. Desde 1986 que a marca tem vindo a especializar‐se na criação de designs vibrantes de chinoiserie, requintados motivos japoneses e coreanos, e panorâmicas de inspiração francesa do século XIX, além de porcelana personalizada à mão. Ao reviver as tradições antigas e técnicas originais do século XVIII, os artistas, altamente qualificados, dão vida aos interiores com reinterpretações sensíveis de papéis históricos e coleções contemporâneas adicionais, num conjunto consagradamente reconhecido. A profundidade e a extraordinária atenção aos detalhes caracterizam os desenhos dos papéis de parede da marca. Fundada por Claud Cecil Gurney com o sobrinho, Dominic Evans‐Freke, e agora com a juventude e a criatividade das filhas Hannah e Rachel, a experiência personalizada da empresa permite atender às necessidades exatas dos clientes mais exigentes e garantir que a visão única de cada indivíduo possa ser cumprida, por mais complexa que seja.

Sobre a Hermès Home

As coleções da Hermès Home são, a cada novo lançamento, sinal da melhor qualidade do handmade, seja de artigos de couro, porcelanas, caxemiras, toalhas de praia ou papel de parede e tecidos. A Hermès Home define o luxo em casa e a gama de produtos é ampla, para casas bespoke. Todos os detalhes contam, da manufatura artesanal de alta qualidade aos padrões, da abordagem estilística aos acabamentos.

Por Isabel Figueiredo

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes