Cartier apresenta o relógio Santos-Dumont XL

{"autoplay":"true","autoplay_speed":3000,"speed":300,"arrows":"true","dots":"true"}

O design e as proporções agora reformulados do novo Santos-Dumont XL, bem como a sua história, a pureza das linhas e a beleza do movimento mecânico com corda manual, fazem deste um relógio para verdadeiros apreciadores.

O novo Cartier Santos-Dumont XL não é assim tão idêntico a qualquer versão anterior, já que recebeu da designação “extra large”. E embora aprimorado num tamanho maior, permanece elegante, com uma caixa com contornos, linhas retas e elegância sem adornos, mantendo o design icónico. Em contraste com modelos anteriores, este surge com uma mudança de escala no pulso, onde o mostrador é amplo, generoso e firme – mantendo um verdadeiro foco nos elementos essenciais. A delicadeza da caixa e o nível de sofisticação permanecem os mesmos – das mãos em forma de espada à coroa sinuosa, do mostrador com raios de sol e acabamento acetinado à caixa gravada com as iniciais S = D, a assinatura de Alberto Santos-Dumont.

Num jogo de tensão entre função e forma, por dentro e por fora, os relojoeiros da Cartier escolheram o movimento mecânico do 430 MC com corda manual, apreciado pela sua delicadeza e pela nobreza do gesto necessário.

O agora designado Santos-Dumont, deve o seu nome, tal como o seu predecessor Santos, a Alberto Santos-Dumont, um inventor e aviador brasileiro que passou a fase adulta em Paris. Este novo modelo está disponível em três versões: ouro rosa 18K, ouro rosa 18K com aço e aço. Os preços ainda não estão confirmados, mas a disponibilidade está prevista para este verão.

Descubra mais em https://www.cartier.eu/

Por João Libério

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Os meus segredos e cuidados diários

Os segredos e cuidados para estar em forma e com uma pele fantástica podem e devem ser partilhados. Por essa razão, resolvi escrever-vos sobre o tema