O poder da massoterapia na Royalty Clinic

{"autoplay":"true","autoplay_speed":3000,"speed":300,"arrows":"true","dots":"true"}

Janaína Madeira é massoterapeuta na Royalty Clinic. Em conversa com a F Luxury, revela-nos os benefícios da drenagem linfática e dos tratamentos de massoterapia, quer para a saúde física como para a emocional, especialmente para o período pós-isolamento social.  

1. Qual é a principal missão da Royalty Clinic?

A nossa missão é proporcionar momentos de tranquilidade a quem nos procura, para além dos efeitos estéticos imediatos após as massagens. A Royalty Clinic não é uma clínica de estética, mas sim de bem-estar emocional e físico.

2. Quais são os tratamentos de que dispõem?

Os tratamentos são todos de massoterapia, o que significa que são feitos manualmente. A nossa especialidade é a drenagem linfática, porque tem um elevado nível de benefícios a nível estético e com efeito imediato – cerca de 95% dos nossos clientes procuram a drenagem linfática, tanto para o corpo como para o rosto.

Temos, também, massagens de relaxamento, modeladora e ayuvérdica e a drenagem-modeladora e a facial.

Além disso, os produtos utilizados são 100% naturais e biológicos. Trabalhamos à base do óleo de coco, que é um os ingredientes que contém menos índice alérgico e que promove a cicatrização mais eficazmente.

3. Em termos gerais, em que é que consiste a drenagem linfática?

Nós, massoterapeutas, consideramos que este tratamento é efetivamente uma limpeza do sistema linfático, que elimina o líquido excedente que existe no organismo – no fundo, é uma desintoxicação.

Esta drenagem linfática, ao aumentar a circulação sanguínea, melhora a oxigenação celular, mudando de imediato a textura da pele e promovendo o rejuvenescimento celular cutâneo. A elasticidade da pele aumenta, a sua textura fica mais equilibrada e, acima de tudo, ajuda a reduzir o volume do corpo, logo após a primeira sessão.

4. Quem é que procura mais este tipo de tratamentos, as mulheres ou os homens?

Diria que são mais as mulheres. Os homens procuram mais tratamentos de relaxamento, mas já começam a recorrer com frequência a outro tipos de tratamentos, por saberem do seu benefício físico e emocional.

5. A drenagem linfática pode ser aplicada em qualquer pessoa ou os clientes terão de apresentar sempre um quadro “clínico” mais específico?

Esta massagem é especialmente aplicada em grávidas e na recuperação pós-parto – devido à elevada acumulação de líquidos –, em pessoas idosas – por pertencerem a uma faixa etária mais sedentária e com um metabolismo mais lento –, em clientes de ambos os sexos em recuperação pós-cirúrgica e em adolescentes com excesso de peso.

Tal como todos os tratamentos, a drenagem linfática pode ser aplicada ao público em geral, dependendo sempre dos seus objetivos. Mas existem algumas incompatibilidades da drenagem linfática com outras patologias. Por exemplo, não pode ser aplicada a pessoas que apresentem um quadro viral ou bacteriano ou em pessoas com problemas oncológicos (a menos que tenham prescrição médica).

6. Existe um número de sessões aconselhadas para a drenagem linfática ou, dependendo dos casos, uma sessão pode ser suficiente?

Uma paciente que acabou de ser mãe e que tenha levado uma dose elevada de epidural tem muita retenção de líquidos nas pernas, estando as mesmas doridas e inchadas; nestes casos, basta uma sessão para que o líquido acumulado no sistema linfático seja eliminado.

Já uma cliente que queira perder peso e diminuir o volume corporal deve fazer um tratamento específico que pode exigir massagens duas vezes por semana.

No caso de uma cliente da terceira idade que queira equilibrar o seu organismo, deve fazer uma vez por semana ou quinzenalmente.

Uma pessoa que esteja a passar por tratamentos psicológicos – para tratar uma depressão ou ansiedade, por exemplo – e que tenha dificuldades em dormir, vai precisar de um tratamento continuado, de uma ou duas vezes por semana, até que a situação emocional esteja regularizada.

7. Este é um tratamento indolor? Muitas pessoas têm a ideia de que as massagens, para serem eficazes, têm de ser dolorosas.

Este é um processo 100% indolor e mais: os massoterapeutas que praticam uma massagem dolorosa não sabem o que estão a fazer. Na Royalty Clinic, a paciente vai receber um tratamento no qual tem benefícios estéticos e emocionais, e vai sair de lá mais bonita e relaxada, porque não vai sentir o menor desconforto. Posso afirmar que em dez pacientes, sete adormecem na terapia.

Infelizmente, existem muitos terapeutas que “vendem” a informação de que quanto mais se sofre, maior é o benefício e isso não é verídico.

Basta seguir o raciocínio de que um hematoma tem metais pesados tóxicos para a nossa pele e a drenagem linfática tem o propósito de desintoxicar o organismo. Logo, não faz sentido que um tratamento para desintoxicar o organismo resulte num corpo cheio de hematomas, ou seja, completamente intoxicado.

8. Após este período de isolamento social, quais são os tipos de massagens que aconselha e porquê?

Sem dúvida, a drenagem linfática, e por várias razões. Primeiro, porque é uma massagem relaxante cujos efeitos perduram por 72 horas. Depois, porque limpa o organismo, elimina as toxinas.

Aquilo que comemos tem químicos provenientes da agricultura e hormonas provenientes da produção animal. Para além disso, as pessoas comem mais alimentos não-saudáveis, fumam mais e consomem mais bebidas alcoólicas. Tudo isso lança toxinas para a nossa corrente sanguínea e sistema emocional, provocando ansiedade e dificuldades em dormir. Para além disso, atua junto de todos os que  passaram demasiado tempo em casa, e ficaram mais sedentárias porque a drenagem permite acelerar o metabolismo.

Apesar de ser essencialmente procurada pelo seu efeito estético imediato, a drenagem é a que traz mais relaxamento para os pacientes, uma vez que se trata de uma desintoxicação do organismo.

Descubra mais em https://www.royaltyclinic.pt/tratamentos/

Por Filipa Mourão

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Sharam Diniz

Celebrities at Home – Sharam Diniz

Acredito que todo este panorama não esteja a ser em vão. Creio realmente que terá que haver uma mudança necessária no nosso comportamento em relação ao planeta, à natureza, à vida.

Pinky Promise

Ainda que um pouco inesperado, o rosa é a cor tendência para os dias de