Relógio Maillon de Cartier, uma joia projetada

O relógio Maillon de Cartier é, antes de tudo, uma declaração de estilo. A pulseira de elos de corrente continua a ser uma peça central composta, que reproduz códigos clássicos, ao mesmo tempo que reinventa as atitudes de hoje. Um relógio precioso que reside no repertório de relojoaria criativo da maison. Uma bracelete cujos elos da corrente são deslocados e alinhados em viés. Bem-arredondados e opulentos, combinam com a elegância ultra-feminina do relógio Maillon de Cartier.

A sua beleza reside na torção das linhas, uma torção que enfatiza a perspetiva na qual o mostrador do relógio se conjuga e entrelaça num movimento gráfico. Elos retangulares, mostrador hexagonal, brancards chanfrados: o design do relógio Maillon incita a geometria rítmica de Cartier. A ambição de estruturar o relógio, desde a forma dos seus elos até à sua caixa facetada, radicaliza o espírito do relógio. O seu volume é tangível, angular e denso.

Queríamos desconstruir a pulseira e transcender o projeto através de uma abordagem de volume. A emoção está no movimento e na tensão”, argumenta Marie-Laure Cérède, Diretora de Criação de Relógios na Cartier

Esta é uma joia projetada pelos estúdios de relógios da Cartier, acrescentando valor à lista das coleções de relógios criativos da maison. Uma pulseira com a qual Cartier descentraliza a sequência dos elos, todos alinhados na diagonal, aprimorando a elegância ultra feminina Relógio Maillon.

Por João Libério

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes