Closet masculino: aproveite o momento para organizar o seu

O Closet masculino é um espaço único que permite a todos os homens vestirem-se com calma e conforto, além de manter organizadas as suas roupas, sapatos e acessórios. Esta funcionalidade estende-se à versatilidade, podendo ser adaptado a todos os estilos de decoração. E como a sua organização também pressupõe o descarte de algumas peças, pense nas associações de apoio aos sem-abrigo antes de deitar fora…

Funcionalidade, elegância e conforto são elementos indispensáveis quando se pensa num closet masculino. Porque para além de bonito, este espaço precisa de ser funcional. Em termos da organização do seu Closet masculino, tudo começa pela limpeza dos armários. Deve  retirar as roupas do móvel e limpar o espaço interno. Ao fazer isso, aproveite para fazer uma seleção das roupas, calçado e acessórios e com critério: para doar, a necessitar de conserto ou só para lavar e guardar. Na opção doar, entramos num processo algo delicado para algumas pessoas: a sensação de desapego. Por isso, faça-se a si mesmo as seguintes perguntas: Há quanto tempo não usa essa peça de roupa? Em que ocasião poderá usá-la novamente? Por que deve guardá-la? Ela ainda lhe serve ou fica bem? Neste processo, preste bem atenção ao que vai descartar. Itens intemporais e clássicos e peças feitas com materiais de qualidade devem ser preservados.

Deve analisar bem antes de se libertar das peças mas, ao fazê-lo, confirme que se trata de peças sem uso, pois assim promove a libertação de espaço no closet para novas aquisições, sem falar na funcionalidade e economia de tempo.

A seguir, há que desenhar o espaço por setores. Definir bem o local de cada item e não misturar as peças entre si ajuda à sua localização e melhor visibilidade dentro do closet:

Fatos e blazers

Fatos, blazers e outras peças de maior dimensão, como sobretudos, devem estar pendurados em cabides. Se não fizer uso frequente deste tipo de roupa e deseja mantê-la protegida, opte por capas de TNT – permitem que o tecido “respire”, ao contrário das capas de plástico que abafam a roupa.

Camisas, polos e T-shirts

As camisas devem ser penduradas em cabides sempre com o primeiro botão fechado. Separe-as por cor, das mais escuras para as mais claras, das lisas para os padrões – só assim será mais fácil para localizar a que quer usar. Também é importante separar as camisas de manga curta das de manga comprida. Já as T-shirts e os polos podem ser organizados também em cabides e seguindo a mesma ideia das camisas, mas ao serem dobrados e guardados em prateleiras ganha espaço para (mais) camisas. Só há que tomar cuidado para não formar uma pilha alta demais, de forma a evitar amassar na altura de pegar aquela que está no fim dessa pilha.

Calças e calções

Preferencialmente, deve manter as calças e os cações pendurados no cabide. Para evitar que estas peças amassem ou fiquem com marcas, deve usar cabides mais grossos ou de veludo, que evitam que escorreguem. Contudo, caso não haja espaço suficiente para manter estas peças no cabide, dobre-as com cuidado e coloque-as nas prateleiras.

Roupas íntimas

As meias e as cuecas ou boxers devem receber especial atenção na altura de organizar o closet masculino. Por serem menores, podem facilmente gerar alguma confusão, ficando sem saber o que há para usar. O melhor lugar para guardar este tipo de peças é em gavetas usando, de preferência, separadores. Separe as meias sociais das desportivas, de algodão, e mantenha a organização por cores.

Calçado

Há que cuidar bem da organização do calçado. Dividem-se por tipo (sapatos sociais, ténis desportivos ou casuais) e não devem ser guardados dentro de caixas, a não ser aqueles que são usados com menor frequência. É preferível usar prateleiras para acomodar os pares, mantendo-os um ao lado do outro. Também é possível organizar os sapatos um de frente para o outro ou ainda um para frente e outro para trás. Porém, não deve empilhar um sobre o outro, pois tal pode danificar o sapato, além de o sujar com a sola do de cima.

Acessórios

As gravatas devem ser bem condicionadas de forma a conservar melhor este tipo de peça. Ou seja, deve usar cabides próprios ou guardá-las em divisórias tipo colmeias, e as mesmas devem ficar enroladas. Os cintos seguem a mesma lógica de organização das gravatas. Se houver espaço pendure-as, doutro modo use divisórias organizadoras e guarde-as em rolinhos.

Os cachecóis, echarpes e lenços podem ser simplesmente dobrados após alisados e guardados em gavetas ou prateleiras. Os chapéus e bonés não podem ser amassados, pelo que existem duas opções: coloque-os em prateleiras, alinhados um ao lado do outro, ou pendure-os em suportes adequados e específicos.

O importante é ter bem presente que arrumar é diferente de organizar. O primeiro é quando tiramos tudo do lugar ou, simplesmente, guardamos no fundo do armário. Ou seja, uma sensação momentânea de que as coisas estão organizadas. Mas uma adequada organização tem como objetivo tornar a vida mais prática e funcional para ter mais tempo com a família, tomar um pequeno-almoço mais prolongado ou simplesmente dormir mais uns minutos.

Por João Libério

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Cristais

Brilho mágico

Cristais para casas em festa. Das taças de champanhe às garrafas, algumas propostas para receber

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Cristais

Brilho mágico

Cristais para casas em festa. Das taças de champanhe às garrafas, algumas propostas para receber

Chanel Nº 5

Chanel: para sempre Nº 5

Chanel convida-nos, nesta época festiva, a descobrir cinco razões para um ritual de aromas completo