O regresso da Bentley aos modelos barchetta

{"autoplay":"true","autoplay_speed":3000,"speed":300,"arrows":"true","dots":"true"}

Barchetta de luxo com estilo radical e exclusivo, o novo Bacalar foi criado pela Mulliner, divisão de produtos especiais da Bentley. Este novo desportivo permite à marca de luxo voltar aos desportivos abertos de dois lugares, algo que não fazia desde 1930.

Cheio de raça, o Bacalar deve o nome à lagoa de Bacalar, situada na península de Yucatan, no México, reconhecida pela sua beleza e pelas águas calmas e cristalinas. Porém, este novo Bentley tem mais a ver com velocidade e emoções fortes. Desenvolvido pelo departamento de personalização da Bentley, a Mulliner, o Bacalar vai buscar algumas soluções estéticas ao protótipo EXP 100GT Concept, revelado o ano passado, mas agora com uma classe e um bom-gosto que a sua primeira versão não possuía.

Fabricado artesanalmente, o Bacalar foi construído sobre a base do Continental GT Convertible não havendo, contudo, peças em comum. Na frente, sobressaem a nova grelha, luzes dianteiras LED e um para-choques com entradas de ar mais generosas, tal como o capot do motor, que apresenta igualmente mais e maiores aberturas. As cavas das rodas continuam a albergar jantes de 22 polegadas e o eixo traseiro foi alargado em 20 mm.

O habitáculo, com uma conotação mais desportiva, passa a contar com apenas os lugares da frente, dando os traseiros lugar a uma cobertura com protuberâncias na continuação dos apoios de cabeça, com fins aerodinâmicos. No espaço deixado pela ausência dos bancos traseiros existe agora um compartimento para guardar objetos, num jogo de malas especificamente concebidas pela italiana Schedoni, que replicam as cores e os materiais do interior. O habitáculo possui ainda revestimentos elaborados a partir de materiais feitos com desperdícios de árvores milenares (árvores que naturalmente caem de idosas) e os estofos são feitos à mão.

De forma a reduzir o peso, mas também para incrementar a nobreza técnica deste seu desportivo, a Bentley solicitou à Mulliner uma maior utilização de fibra de carbono e alumínio. O coração deste modelo exclusivo é o motor W12 da casa inglesa com 6.0 litros duplo turbo, que fornece 659 cv, ou seja, mais 24 cv do que quando montado no Continental GT, e 900 Nm. Vem equipado com uma caixa automática de dupla embraiagem e oito velocidades, associada a um sistema de tração total. O motor utiliza tecnologia de 48 volts para oferecer uma suspensão ativa “Dynamic Ride System”. Tudo neste Bentley Mulliner Bacalar é novo, à exceção dos puxadores das portas.

O luxuoso desportivo Bentley Mulliner Bacalar será produzido numa série especial limitada a apenas 12 unidades, para todo o mundo.

Por João Libério

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes