Os mais belos jardins da Europa

Lugares de sonho para visitar e admirar

O encanto de passear na natureza atravessa gerações. O fascínio pelas cores e cheiros dos mais belos jardins, sempre fascinou e conquistou, ao longo dos tempos. A F Luxury dá-lhe a conhecer alguns dos jardins mais notáveis e emblemáticos da Europa – coleções de formas e cores, em pinceladas simultaneamente esmagadoras e irresistíveis. Cada um destes espaços guarda, dentro de si, segredos seculares. Porém, todos estão abertos a ser visitados e a ver desvendados tesouros de valores incalculáveis. Deixe-se guiar pelas nossas escolhas.

Jardim de Monet, Giverny (França)
O jardim de Monet é, na verdade, muito mais do que um jardim. O espaço serviu de inspiração para Claude Monet e ficou imortalizado nas obras do mestre francês. O jardim está aberto ao público desde 1966 (juntamente com a própria casa do pintor).

Keukenhof, Lisse, Amsterdão (Holanda)
O parque de Keukenhof é um verdadeiro marco na Europa. Localizado em Lisse, perto de Amesterdão, é o maior jardim de flores do mundo – foi a partir daqui que a Holanda ficou famosa por ser o “lar das tulipas”. O espaço possui 32 hectares e mais de sete milhões de tulipas, das mais diversas colorações.

Spello (Itália)
Spello é uma pequena localidade na região de Umbria, em Itália, com pouco mais de oito mil habitantes. As suas casas de estilo medieval possuem, invariavelmente, fachadas decoradas com diversos tipos de flores.
Passear pelas ruas de Spello deixa-nos a sensação de estarmos num jardim ou num filme romântico. Anualmente, os moradores da vila organizam um grande festival chamado Petali di Spello, onde exibem um enorme tapete de flores.

Jardins Mirabell, Salzburg (Áustria)
Os jardins do Palácio Mirabell foram abertos ao público em 1854 pelo Imperador Franz Joseff e hoje eles são considerados uma obra-prima da flora. Este é um cenário popular para os turistas, interessados, não só nas flores, mas igualmente na coleção de estátuas do espaço. O jardim ficou celebrizado no filme “Música no Coração”, de 1964.

Jardins do Palácio de Versalhes (França)
O projeto megalómano de Luís XIV continua a impressionar os visitantes. O Palácio de Versalhes e os seus jardins são uma obra-prima paisagística, com notáveis elementos decorativos, entre estátuas e fontes, e um notável conjunto de espécies florais. Os jardins situam-se a oeste do palácio, cobrindo cerca de 800 hectares.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Desconfinar mente e alma

Sugerimos seis propostas, entre Lisboa e Nova Iorque, onde o patamar de qualidade é extraordinariamente

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes