Do Cadillac Escalade ao Porsche Taycan

previous arrow
next arrow
Slider

Estamos no início de 2020, o que significa que uma nova década também está a dar os primeiros passos. E esta é uma década que se avizinha como verdadeiramente impactante para a indústria automobilística, à medida que ocorre a transição dos motores de combustão interna para os de propulsão elétrica, tornando 2020 igualmente crucial. Aqui, uma lista com os principais carros de luxo com previsão de saída para este ano.

Cadillac Escalade 2021 – O superluxuoso SUV Escalade de 5ª geração da Cadillac será oficialmente apresentado no Los Angeles Auto Show a 4 de fevereiro de 2020, e as fotos de espionagem, juntamente com o teaser do vídeo do fabricante, sugerem que o novo bólido chegará com significantes atualizações em relação ao atual modelo. No entanto, é o interior deste SUV de luxo que chama mais a atenção, equipado com um ecrã interior de grandes dimensões na frente, que supera tudo o que existe no mercado. O visor frontal mede 96 cm e serve como painel de instrumentos, sistema de ‘infotainment’ e ecrã sensível ao toque para a maioria das funções. Ao que apurámos, este Escalade de última geração também receberá o sistema de controle de cruzeiro adaptativo de direção automática Super Cruise da marca, juntamente com o Advanced Driver Assistance System (ADAS).

Aston Martin Valkyrie – É o projeto mais ambicioso do fabricante britânico até ao momento, criado em colaboração com a Red Bull Racing e outros parceiros. A variante deste supercarro híbrido de produção limitada foi apresentada no Salão Automóvel de Genebra de 2019 e está atualmente a passar por um conjunto final de testes, o que significa que as entregas para as 150 unidades vão acontecer brevemente. O Valkyrie é alimentado por um motor V12 de 6,5 litros aspirado naturalmente, ajustado pela Cosworth, e complementado por um motor elétrico que produz mais de 1100 cavalos de potência. O seu exterior é quase inteiramente feito de fibra de carbono, proporcionando uma incrível relação potência / peso.

BMW M3 G80 – A BMW deverá lançar o novo M3 baseado no sedan executivo da 7ª geração da série 3, que foi oficializado no ano passado. Com o nome de código interno G80, o BMW M3 de 2020 foi visto a ser testado várias vezes nos últimos meses, escondido sob uma pesada camuflagem. Porém, as prematuras imagens revelam alguns atributos importantes do design deste sedan, que inclui uma grelha frontal proeminente que combina com o ADN atual do design da BMW. Espera-se que o mesmo seja equipado com o mais recente motor a gasolina de seis litros e duplo turbo de 3.0 litros da divisão M com mais de 510 cavalos de potência. Também é esperado que o novo M3 mude da tração traseira para a tração nas quatro rodas, o que é uma mudança significativa. A BMW ainda não adiantou nada quanto ao lançamento do novo M3, mas espera-se que faça a sua estreia no Salão Automóvel de Frankfurt deste ano.

Jaguar XJ – Embora ainda não tenham sido captadas imagens do modelo da 9ª geração do sedan de luxo Jaguar XJ, é esperado que o mesmo chegue em 2020. Muitos sites e blogues do setor já exibiram representações de design do Jaguar XJ de última geração, fazendo antever que o carro venha equipado com faróis traseiros mais finos, além de algumas atualizações no interior da cabine, o que o ajudará a competir melhor com os seus concorrentes mais diretos como o BMW Série 7, o Audi A8 e o Mercedes-Benz S-Class. O fabricante britânico também mostrou uma faixa contínua de LED que percorre todo o comprimento da tampa da mala. Ainda não há informações sobre a sua data de lançamento, mas podemos contar com a revelação deste Jaguar XJ de 9ª geração no final de 2020.

Lamborghini Urus – Era expectável que o Lamborghini Urus se tornasse o modelo de maior sucesso para o famoso fabricante italiano, especialmente nos mercados não convencionais, mas ainda assim o desempenho deste SUV superou todas as expectativas. Descrito como “Super SUV” pela própria Lamborghini, os rumores sugerem que a marca está a trabalhar numa nova versão do Urus, que será alimentada por uma versão mais potente do V8 twin-turbo de 4.0 litros, que produz 650 cavalos de potência no modelo padrão. Previsto para ser designado Urus Performante, será mais leve e virá com atualizações aerodinâmicas, incluindo um spoiler traseiro. Rumores apontam ainda para um motor híbrido, com a propulsão elétrica a acrescentar mais potência ao conjunto. Ainda não foi anunciada a data do seu lançamento, mas o Geneva Motor Show pode bem ser o local onde a versão mais potente deste SUV de alto desempenho venha a ser oficializada.

Tesla Roadster – O CEO da Tesla, Elon Musk, surpreendeu tudo e todos no evento da empresa ao exibir o semi-elétrico em 2017, apresentando um protótipo do Roadster que poderia reivindicar fazer o sprint de 0 a 100 km/h em 2 segundos. Na época, anunciou que o incrível supercarro elétrico chegaria às ruas este ano e começou a aceitar encomendas. O Roadster 2020 é sucessor do carro desportivo original da Tesla com o mesmo nome; no entanto, este terá um desempenho mais significativo e atualizações mecânicas: três motores elétricos, um na frente e dois na traseira, proporcionando tração nas quatro rodas, e uma bateria de 200 kWh. De acordo com a Tesla, o novo Roadster terá um alcance de 1.000 km com uma única carga em velocidades de autoestrada e possuirá um torque de 7.400 lb-ft nas rodas. Com impressionantes números de desempenho, o Tesla Roadster está programado para ser mais um percursor.

Porsche Taycan Turbo S – Com o Taycan, a Porsche atira-se de cabeça para o mercado dos carros elétricos da única maneira que sabe: velocidade máxima com desempenho de vanguarda. Com o novo Taycan, descobriu-se que o veículo não apenas acelera rapidamente, como também tem uma performance excecionalmente boa, apesar do seu peso total. A Porsche está ainda a introduzir um carregamento mais rápido, que pode fornecer uma carga de 80% em apenas 20 minutos. Se é este o futuro dos carros elétricos, é melhor pensar em aderir.

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes