Um cruzeiro pela Antártida

À descoberta do deserto gelado

Bem-vindo a um mundo quase deserto e inóspito. Sem limites… A bordo de um iate magnífico, propomos conhecer a grande diversidade de animais que fazem da Antártida o seu lar.

A grande massa gelada localizada ao redor do Polo Sul, o ponto mais meridional da Terra e denominada Antártida, é o quinto maior continente do mundo, com uma superfície de 14 milhões de quilómetros quadrados. Possui, como principal característica, o facto de ser o lugar mais frio e seco do planeta, com o maior índice de ventos fortes, sendo um grande deserto formado por enormes glaciares e coberto por neve e gelo. Aproximadamente noventa e oito por cento da Antártida está coberta por um manto de gelo que, por seu turno, possui, em média, dois quilómetros de espessura. Tal cobertura de gelo tem um volume estimado em 25,4 milhões de quilómetros cúbicos, contendo setenta por cento de toda a água doce do planeta e sendo o continente de maior altitude média.

As temperaturas médias na região central do continente variam entre -30.°C e -65.°C; a menor temperatura do mundo foi documentada na região: -89,2.°C, no dia 21 de julho de 1983. Valerá a pena ressaltar que a Antártida é uma zona politicamente neutra, não pertencendo a nenhum país, sendo, sobretudo, uma área de preservação científica. Embora não haja habitantes permanentes, cerca de quatro mil cientistas realizam pesquisas no continente durante o verão. Muitos especialistas consideram-na um grande deserto polar, pela baixa taxa de precipitação no interior. Devido às condições climáticas, as espécies vegetais que se desenvolvem na região restringem-se a musgos, líquenes e outras plantas «inferiores», como hepáticas. Já em relação às espécies de animais, podemos destacar duas espécies de pinguim – o pinguim-imperador, a maior espécie, e o pinguim-de-adélia – albatrozes, petréis, focas, lobos-marinhos e baleias.

Por todas estas características, a Antártida é, para muitos, um dos últimos destinos verdadeiramente inacessíveis do planeta, mas também um dos que desperta maior curiosidade. Coberta por um manto branco sem fim e quase totalmente desabitada, pode parecer o fim do mundo. Contudo e conforme propomos, a Antártida pode bem se tornar a próxima grande aventura…

Pelorus, uma empresa de viagens de experiência especializada em excursões únicas de iates, proporciona a pequenos grupos a possibilidade de viajar em total luxo a bordo do Legend, um superiate privado. Normalmente, a embarcação fica disponível apenas como um chárter completo, custando meio milhão de euros por semana, no entanto, e graças à Pelorus, é possível reservar cabines pelo valor mais modesto de cinquenta mil euros.

Assim, os viajantes mais aventureiros podem oferecer a si mesmos um presente de Natal antecipado, uma vez que terão de estar livres durante as datas de viagem selecionadas, que são de 6 a 13 de dezembro e de 13 a 20 de dezembro de 2019. Quem investir nesta experiência verdadeiramente única poderá fazer uso dos brinquedos aquáticos a bordo, que incluem submersíveis e até mesmo um heliporto, por um valor adicional. A bordo, também irão encontrar outras comodidades de luxo, incluindo um piano-bar e até mesmo uma sala de projeção de filmes. As cabines vão ao encontro das expectativas e estão muito bem equipadas, sendo extremamente confortáveis. O iate conta com uma tripulação de dezanove pessoas para garantir a segurança, conforto e felicidade de todos os viajantes durante esta oportunidade exclusiva.

Embora o iate seja por si magnífico, o verdadeiro atrativo da Antártida é a grande diversidade de animais autóctones. Assim, numa expedição pela tundra, é possível avistar pinguins, focas, aves marinhas e até baleias. Com guias especializados a liderarem o caminho, pode aprender-se tudo sobre a vida selvagem que se desenvolve nesta parte aparentemente inabitável da Terra. Outras atividades que se encontram disponíveis para participar incluem caminhadas nos glaciares e mergulho nas águas geotérmicas.

A fim de garantir a sustentabilidade da região para as próximas gerações, a Pelorus associou-se à Blue Marine Foundation, pelo que está comprometida com a exploração respeitosa das águas da Antártida. Permanecendo comprometida com a proteção do planeta, a Pelorus é também membro ativo da IAATO (Associação Internacional das Operadoras de Turismo Antártico; no original International Association of Antarctica Tour Operators), como forma de assegurar uma abordagem sustentável ao cruzar estas águas.

Pelo valor pago, os viajantes têm direito a passagem de ida e volta de Punta Arenas, no Chile, para a ilha King George (a cento e vinte quilómetros da península Antártida), bem como acomodações, jantar e instruções antes de viajar. O preço também contempla a viagem de uma semana a bordo do Legend, todas as taxas de guia, permissões e expedições terrestres, que incluem visitas a uma estação de pesquisa, caiaque e mergulho polares, comida e bebida a bordo. Porém, se os seus gostos contemplam licores premium ou champanhes especiais, será necessária a cobrança de um custo adicional, assim como o submersível e o helicóptero não estão incluídos. Alternativamente, a Pelorus pode providenciar o aluguer de toda a embarcação a partir de quatrocentos e noventa mil euros. Mas para uma experiência na Antártida verdadeiramente personalizada que certamente vai impressionar para todo o sempre, este excelente iate da Y.Co – The Yacht Company é, sem dúvida, a escolha perfeita.

Legend, o iate de 77,4 m, normalmente disponível apenas como chárter, está ao alcance de um maior número de espíritos aventureiros que procuram visitar o deserto branco em grande estilo. Esta expedição está disponível para vinte e seis pessoas por apenas duas semanas em dezembro, mas se conseguir reunir um grupo, pode ser possível «negociar» outras datas. Este superiate, confortável nos ambientes mais hostis, está totalmente equipado para uma exploração polar séria, com tudo incluído. A gama de experiências disponíveis a partir deste incrível navio inclui a singular vida selvagem – encontros com pinguins-de-barbicha e aves marinhas indígenas, para além dos já mencionados. Os mais intrépidos exploradores irão juntar-se a cientistas de pesquisa, líderes de expedição, podendo interagir com animais selvagens únicos, registando padrões climáticos e aprendendo mais sobre a história deste mundo extrapolado de gelo. Quem se sentir mais corajoso, pode mergulhar nas águas geotérmicas ou caminhar até ao topo dos glaciares para obter vistas espetaculares e pores-do-sol.

E, acreditem, após uma jornada inesquecível no gelo, Legend é a melhor «casa» para voltar. O iate oferece os mais altos padrões de conforto, a partir de um jacúzi para dezasseis pessoas, spa balinês e ginásio, bem como refeições gourmet excecionais, com um staff sempre atento e cuidadoso, tornando este a mais sumptuosa forma de explorar a Antártida. Como se pode esperar quando se viaja num iate desta envergadura, há uma gama de diferentes espaços a bordo para garantir que todos os hóspedes tenham a oportunidade de descansar ou aproveitar os espaços sociais do piano e do bar para relaxar depois de um dia na neve.

Sem qualquer margem de dúvida, esta é uma oportunidade para conhecer e explorar um dos últimos grandes desconhecidos, com extremo cuidado num ambiente sensível.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes