Patek Philippe 5172G Chronograph

A nova peça de uma linhagem icónica de cronógrafos de corda manual

Dentro da ampla gama de complicações em que a Patek Philippe se impôs com grande virtuosismo, o cronógrafo sempre desempenhou um papel preponderante. A referência 5172 é uma reinterpretação do modelo 5170, criado em 2010, e que teve a particularidade de ser o primeiro cronógrafo de arquitetura clássica para homens, totalmente desenvolvido e fabricado pela Patek Philippe.

Com uma nova caixa em ouro branco totalmente polida, com botões guilloché e encaixes com três molduras, este novo modelo apresenta um toque vintage evidente, acentuado por um vidro em cristal de safira abaulado tipo box, claramente realçado em relação ao bisel.

O mostrador também exibe um novo rosto com fundo azul no qual se destacam algarismos arábicos aplicados em ouro branco, com ponteiros pontiagudos, estilo bâton e ponteiro jateado de cronógrafo. A minuterie é apresentada com escala taquimétrica e decalcada em branco, à qual acrescem duas escalas chemin de fer do ponteiro pequeno dos segundos e o contador de 30 minutos. Tudo isso garante uma perfeita legibilidade.

O calibre do cronógrafo CH 29-535 PS distingue-se pela sua arquitetura tradicional, feita de roda de colunas, embraiagem horizontal e corda manual que combina seis inovações patenteadas, como os perfis dentados otimizados, melhor ajuste de penetração das engrenagens ou martelos de zeragem autorreguláveis. A sua estética e acabamentos refinados podem ver-se através do fundo de cristal de safira.

Esta nova referência 5172G-001 em ouro branco e com uma bracelete em pele de bezerro cosida à mão, de cor azul-marinho a combinar com o mostrador, pode ser adquirida nas boutiques David Rosas.

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes

Cristais

Brilho mágico

Cristais para casas em festa. Das taças de champanhe às garrafas, algumas propostas para receber

Chanel Nº 5

Chanel: para sempre Nº 5

Chanel convida-nos, nesta época festiva, a descobrir cinco razões para um ritual de aromas completo