Chanel presta homenagem ao esplendor russo

Marca francesa lança coleção de joias luxuosas

Patrice Leguéreau, diretor do estúdio de design de joias da Chanel, apresentou “La Paris Russe de Chanel” (“A Paris Russa de Chanel”), durante a Semana da Alta Costura de Paris. A coleção de 63 peças foi concebida em homenagem às numerosas influências russas que enriqueceram a vida, a criatividade e a imaginação de Gabrielle Chanel, no início do século XX.

A Rússia tornou-se parte da vida de Gabrielle Chanel a partir de 1910 e, em 1920, essa influência tornou-se ainda mais significativa. A estilista e costureira começou um affaire curto, porém passional, com o grão-duque Dmitri Pavlovich, primo do czar Nicolau II, que na altura estava exilado em França. Essa experiência marcou a entrada de novas influências culturais e artísticas para Gabrielle Chanel, refletidas hoje nesta nova coleção de joias que aborda os seus sonhos e memórias.

A nova coleção de 63 peças é composta por joias sóbrias e exuberantes e inclui colares, pulseiras, anéis, brincos, pregadeiras, relógios e enfeites para o cabelo. A maioria destas peças é cravejada de diamantes e pérolas cultivadas, e algumas, como o conjunto Folclore, com safiras azuis e cor-de-rosa, mandarinas e granadas de tsavorita, fazem referência às cores festivas do ballet russo, para quem Chanel desenhou figurinos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes