Hedi Slimane dá rosto e corpo à nova Celine

Marland Backus protagoniza campanha da marca francesa

A marca Celine, detida pelo grupo LVMH, sofreu, recentemente, profundas alterações, que resultaram numa mudança de logótipo (o seu acento foi eliminando) e no reposicionamento da imagem da marca numa estética minimalista com um toque rock underground.

Hedi Slimane, diretor criativo, artístico e de imagem da marca, há pouco mais de um ano, continua o seu projeto, agora com uma campanha centrada na coleção que foi apresentada em Paris no início de março. Com o seu lado masculino-feminino, rebelde-burguês, cabelo ao natural e sem maquilhagem, a norte-americana Marland Backus foi a escolhida para encarnar a nova mulher Celine, esboçada por Slimane, tendo em vista a temporada outono/inverno 2019-2020.

Esta campanha procura atualizar a Celine da década de 1970, recuperando, nomeadamente, a saia-culotte. A modelo posa de frente, em pé ou sentada num banco, diante da objetiva do diretor artístico. Às vezes aparece a preto e branco, outras nas cores outonais da coleção. Num grande casaco de tweed, blusa, jeans e botas em couro forradas, acima do joelho, num sobretudo em pele de carneiro, com camisa Lavallière, com um casaco de couro, calças pretas, meias brancas e mocassins ou ainda de tronco nu sob uma camisola mohair com longas cerdas ultra macias.

Hedi Slimane prossegue, desta forma, o seu trabalho de revitalização da marca, recolocando a Celine num patamar cada vez mais de relevo no panorama global do universo da moda.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes