Cartier apresenta a nova linha Clash

Kaya Scodelario é o rosto da campanha

A linha Clash de Cartier vem agitar a perspetiva generalizada sobre as joias finas. Como todas as suas coleções mais icónicas – desde Juste Un Clou a Panthere, ou criações ainda mais recentes como a Cactus – a subversiva Clash de Cartier convida-nos a abraçar um choque de diferenças. Elementos como pregos e pioneses quadrados formam a estética central desta nova linha, numa malha com nervuras muito singular.

Não há protocolo; e até mesmo a tradição que a Cartier sempre reverencia fica, aqui, em segundo plano. Clash de Cartier é um ato de equilíbrio chique, onde as peças são afiadas, porém, suaves, geométricas, femininas e mecânicas, mas de movimento livre. Características que supostamente chocam entre si, passam, neste caso, a fazer sentido. É exatamente por isso que a Cartier escolheu Kaya Scodelario como o rosto da linha Clash.

Incorporando essa dualidade deslumbrante que com ela nasceu, a própria Scodelario representa um choque de culturas, sendo uma inglesa de ascendência brasileira e italiana. Ela é, obviamente, uma modelo incrível para mulheres fortes e independentes, em todos os quadrantes – apesar do seu sucesso, Scodelario ainda luta contra a dislexia.

Na curta-metragem, realizada por Gordon von Steiner, para a Cartier, é evidente o caráter hipnótico de uma narrativa construída em torno da dualidade entre rapariga boa e rapariga malvada… A Clash de Cartier celebra exatamente essa diferença, dentro de cada um de nós.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes