Palácio Nacional de Queluz

O Versalhes Português

Este imponente monumento nacional foi residência real de duas gerações de monarcas portugueses, concebido originalmente como palácio de verão, por iniciativa de D. Pedro de Bragança. Com o seu casamento com D. Maria I, sua  sobrinha, subiu ao trono em 1777 afirmando-se como rei D. Pedro III, e passando a tomar o Palácio de Queluz como residência real.

Situado no concelho de Sintra, uma das mais belas e românticas zonas de Portugal, o Palácio Nacional de Queluz reflete o gosto da corte nos séculos XVIII e XIX, do  Barroco e Rocaille ao Neoclássico. Revela uma dualidade contrastante nas suas fachadas, que se assumem sóbrias para o exterior e de aparato para o interior, abrindo-se para dezasseis hectares de jardins ao estilo francês, repletos de linhas geométricas, adornados por inúmeros jogos de água e estatuária alusiva à mitologia clássica.

É também nestes exuberantes jardins que se encontra sediada a Escola Portuguesa de Arte Equestre (EPAE), que se destaca pelos seus belos exemplares de cavalos lusitanos da Coudelaria de Alter Real, a antiga coudelaria da Casa Real Portuguesa, fundada em 1748.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Desconfinar mente e alma

Sugerimos seis propostas, entre Lisboa e Nova Iorque, onde o patamar de qualidade é extraordinariamente

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes