A intemporalidade de J’ose

Fragrância de Eisenberg mantém o seu prestígio

J’ose foi a primeira criação olfativa de José Eisenberg. Lançada em 2000, a fragrância mantém, ainda hoje, as características que a distinguiram e notabilizaram ao logo de todos estes anos. Moderno e eterno, J’ose conquistou o estatuto de perfume icónico da marca, refletindo, na plenitude, a criatividade do seu criador.

J’ose é uma aposta ousada, contendo uma composição improvável, com notas sensualmente provocadoras, suaves, aveludadas e hipnóticas que se exprimem e equilibram subtilmente, tanto na versão feminina, como masculina.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes