DJ Mastiksoul à conversa com F Luxury

Produtor musical

Deixe-se seduzir pela música do produtor musical com mais álbuns no mercado. Aos 37 anos, Mastiksoul é visto como uma lenda viva da «dance music», continuando a sua saga como um dos top DJs mundiais.

Porquê a escolha desta profissão?
Eu cresci como bailarino, nos anos 80, com um grupo de Break Dance, que era do meu irmão mais velho. Seguir a música foi o desejo mais óbvio na altura.

Teve mentores, artistas de referência que o ajudaram a definir enquanto DJ?
Muitos! No início dos anos 90, a música eletrónica era muito rica em criatividade e artistas, como DJ Sneak, Plastikman e Carl Cox foram grandes pioneiros.

O que sente ao ser presenteado pelo público que o elege constantemente e o eleva a nº1 da música de dança em Portugal?
Sinto-me muito agradecido. Porque, acima de tudo, esse apoio existe pela música que faço. E para quem faz música, não existe nada mais gratificante do que isso.

Colaborou e mixou artistas nacionais e internacionais como Angélico Vieira, Anselmo Ralph, Bob Sinclair, Francci, entre outros… Existe ainda algum artista com que sonhe trabalhar?
Um dos artistas com que sempre sonhei trabalhar, acabou de acontecer. Finalizei três músicas com o Shaggy e, numa delas, entra o Pit Bull… Estou realmente feliz, porque pude trabalhar com artistas onde o talento é imenso.

Qual a sensação de atuar para milhares de pessoas e vê-las cativadas pelas suas composições?
É fantástico! Há coisas que o dinheiro não compra e essa é uma delas.

O que o público poderá esperar ainda de si, neste ano?
Entrei em 2016 com muita força a nível musical. Tenho imensos projetos que vão dar que falar…

A música é o canal de união entre povos. Qual a mensagem importante que não pode deixar de transmitir?
Amor, paz e, acima de tudo, respeito, uns pelos outros.

/ Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

/ Artigos Recentes

Artigos Recentes